Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Depois de ouvir Lugano, Muricy aprova estreia de Alvaro Pereira

Yan Resende, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Alvaro Pereira treinou com o elenco do São Paulo pela primeira vez na última quinta-feira, mas o pouco tempo de clube não foi empecilho para Muricy Ramalho promover a estreia do jogador uruguaio neste domingo, na vitória por 2 a 1 sobre o Oeste. A atuação do lateral, aliás, agradou bastante o treinador do Tricolor do Morumbi, que afirmou ter acertado na contratação.

“Muito bom jogador. Era o que a gente esperava, e, por isso, colocamos para jogar logo de cara. Conversei com ele, porque não posso colocar jogador sem conversar antes, e ele disse que estava bem para jogar. Treinamos posicionamento, pois sabemos que ele tem características defensivas, mas aqui ele tem que atacar, como mostrou que sabe fazer”, avaliou Muricy Ramalho após a vitória sobre o Oeste.

Com dificuldades naturais para se adaptar ao futebol ao futebol brasileiro, Alvaro Pereira recebeu o cartão amarelo ainda no primeiro tempo, depois de uma falta dura em seu campo de defesa. Muricy Ramalho admitiu que precisou conversar com o jogador nos vestiários, explicando que o estilo de jogo daqui é bem diferente daquele que o uruguaio presenciou na Europa.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Estreante do dia, o lateral uruguaio Alvaro Pereira fez uma boa apresentação e foi aprovado por Muricy Ramalho
“Ele exagerou em uma falta, eu conversei com ele no vestiário, disse que aqui no Brasil não aceitam esse tipo de falta e, no segundo tempo, ele maneirou. Ele também ainda tem dificuldade para bater na bola, o que é normal na adaptação, mas deve corrigir isso no treinamento”, explicou o treinador do São Paulo, sem esconder sua admiração pelo novo reforço da equipe.

Muricy Ramalho revelou que chegada de Alvaro Pereira só conseguiu ser concretizada por causa de um ex-jogador do São Paulo. O treinador admitiu que as primeiras conversas sobre a contratação foram feitas com o zagueiro Lugano, que conhece o lateral depois de atuarem juntos pela seleção. Desta forma, o comandante espera que o São Paulo continue trilhando uma história de conquistas com jogadores uruguaios no elenco.

“Ele estava com dificuldade de jogar na Europa e quer ficar perto do treinador uruguaio para jogar a Copa do Mundo. Eu até falei para ele que o São Paulo tem uma história com uruguaios e todos que vêm para cá vencem”, destacou Muricy Ramalho, sem deixar de elogiar também a postura que o lateral adotou fora de campo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade