Futebol/Bastidores - ( )

Dirigente da Ponte dispara contra Potiguar: "É melhor ir embora"

Campinas (SP)

Anunciado como reforço da Ponte Preta para a temporada de 2014, o zagueiro Ricardo Silva, mais conhecido como Potiguar, frustrou os planos da diretoria campineira. O defensor era esperado no estádio Moisés Lucarelli na quinta-feira para assinar contrato, mas faltou. Após não cumprir a data estipulada, o jogador abriu negociações com o Atlético-PR, fato que deixou o gerente de futebol da Macaca, Marcus Vinícius, extremamente irritado.

“Para jogar na Ponte Preta é preciso honrar a camisa. Se ele não tem vontade de atuar aqui é melhor ir embora mesmo”, bradou o dirigente, em entrevista ao jornal Correio Popular.

Com 21 anos, Potiguar tem contrato com o Ceará até 2017, e acertaria com a Ponte Preta por um ano. Assim, a equipe campineira teria a opção de comprar 50% dos direitos econômicos dos atletas por R$ 1,5 milhões, ao final do período. O interesse do Vozão em emprestar o jovem defensor muito se deve ao comportamento da torcida, que atribuiu ao atleta o insucesso na tentativa de retorno à elite nacional. Sua expulsão na derrota para o Joinville, por 3 a 0, na última rodada da competição, o fez ser perseguido de maneira veemente pelos alvinegros.

No entanto, o setor defensivo da Macaca não deixou de ser reforçado. O zagueiro Luan, de 26 anos, fora apresentado de maneira oficial. O atleta, que estava no Brasiliense-DF, é o terceiro reforço ponte-pretano para a temporada. Anteriormente ao defensor, desembarcaram em Campinas o volante Dodó (ex-Icasa) e o meia Tchô (ex-Figueirense).

Conhecido de Sidney revela expectativa – Presente na campanha histórica do Icasa na Série B do Campeonato Brasileiro, onde o Verdão do Cariri ficou a um ponto do acesso á elite nacional, o volante Dodó, pedido do técnico Sidney Moraes para reforçar a Macaca, expôs a alegria em figurar pelo novo clube.

"Cheguei e percebi que o ambiente está muito bom. Agora é trabalhar para fazer um bom Campeonato Paulista e depois lutar para conseguir o acesso no Campeonato Brasileiro", projetou o jogador, em entrevista ao jornal Correio Popular.

A estreia da Ponte Preta no Campeonato Paulista será no dia 18 de janeiro, sábado, ás 17 horas (de Brasília), diante do Ituano, no estádio Moisés Lucarelli. A Macaca está no Grupo C, ao lado de Paulista, Portuguesa, Santos e São Bernardo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade