Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Em reapresentação, Renato Gaúcho fala em reforços e elogia Walter

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

O elenco do Fluminense se reapresentou nesta quarta-feira, em um hotel no Rio de Janeiro. Na chegada dos jogadores, quem falou com a imprensa foi o técnico Renato Gaúcho, que retornou ao clube após comandar o Grêmio no último Campeonato Brasileiro. Além do argentino Dario Conca, os tricolores também confirmaram a chegada do atacante Walter. O treinador evitou falar sobre outros nomes, mas ressaltou que os dirigentes procuram atletas para somar ao elenco.

“Evito falar de jogadores que podem chegar. Se a diretoria e o patrocinador puderem me dar mais reforços, será muito bom, pois queremos disputar títulos. Quanto mais fortes, melhor. Conversamos buscando o melhor para o clube. O grupo é muito bom, mas se pudermos fortalecer, todos vão ganhar com isso. O objetivo é esse. Estão saindo alguns nomes pela imprensa, mas estamos avaliando”, afirmou o comandante.

Renato Gaúcho afirmou que vai conversar com os jogadores para dar confiança ao elenco para a temporada. O treinador espera que os jogadores possam esquecer o que aconteceu em 2013 e pensar somente em fazer um bom trabalho no ano.

“Não adianta eu falar que vou fazer e acontecer. Vou conversar com os jogadores, mostrar minha filosofia e garantir confiança no trabalho deles. O que aconteceu em 2013 é difícil de se repetir. Sei que é um elenco muito forte e conheço o potencial dele. Tenho que impor meu método de trabalho e ajudar a recuperar a estima do elenco”, completou.

O técnico elogiou o atacante Walter e revelou que o próprio jogador prometeu total empenho com a camisa do Fluminense. Entre outras coisas, Renato Gaúcho falou que o atacante pretende perder dez quilos para ficar em forma.

“Ele me disse que estava pronto, que estava muito a fim de jogar no Fluminense e iria se enquadrar na filosofia de trabalho do clube. A partir daí, começamos a negociar. Ele não vai chegar e perder dez quilos. Às vezes perde muitos quilos e também a força, mas vamos procurar tirar o máximo dele, mas jogando o que jogou no Brasileiro “, explicou.

Por fim, o comandante tricolor alertou a imprensa para os ataque ao clube após a permanência do Fluminense na Série A através do tapetão. Para Renato Gaúcho, os jornalistas não precisam aumentar a pressão sobre as Laranjeiras. “Eu acho que o papel de vocês da imprensa será fundamental nisso. Se começaram a colocar pilha, as coisas podem tomar uma proporção maior do que já está. O Fluminense não tem culpa de nada. O Fluminense não virou a mesa, nem a CBF”, encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade