Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Empresário revela proposta e vê Maxi Biancucchi perto do Bahia

Salvador (BA)

Após garantir permanência na Série A do Campeonato Brasileiro, o Bahia pode estar perto de anunciar um grande reforço para a próxima temporada. Segundo informações do jornal A Tarde, o atacante argentino Maxi Biancucchi, destaque do rival Vitória no início do último Brasileirão, recebeu uma proposta e tem chances de ser anunciado como novo jogador do Tricolor em 2014.

O contato do Bahia com o atleta, primo de Lionel Messi, foi confirmado pelo próprio empresário do jogador, Regis Marques. De acordo com ele, há inclusive uma reunião marcada com a alta cúpula tricolor. “Tenho uma viagem programada no dia 7 para conversar com a diretoria do Bahia. Até agora, o oferecido por eles foi o que mais agradou. O contrato seria de três anos e o salário chegaria próximo do desejado”, revelou.

Felipe Oliveira/EC Bahia/Divulgação
Destaque do Vitória no último Brasileiro, Maxi Biancucchi pode se transferir ao rival, Bahia
Destaque do Vitória no Brasileirão do ano passado, competição da qual foi artilheiro por um bom período, Maxi Biancucchi ainda não renovou seu contrato com o Leão da Barra para 2014. Ele estaria pedindo um salário mensal de R$ 200 mil, mas o Rubro-Negro estaria disposto a pagar ‘somente’ R$ 150 mil. O Bahia, por sua vez, de acordo com a publicação, ofereceu um contrato de três anos, com vencimentos próximos aos R$ 180 mil, que são vistos com bons olhos por Regis Marques.

Maxi chegará a Salvador na próxima semana, mas, segundo Marques, ainda não foi comunicado do interesse do Tricolor. Segundo o empresário, o fato de ele ter se destacado no maior rival, Vitória, não dificultará o possível acerto. “Ele poderia estar recebendo R$ 500 mil no Vitória e mesmo assim seria vaiado se jogasse mal. Não tem essa. Se ele arrebentar no Bahia, a torcida esquece que ele atuou no rival. É a lógica do futebol. Maxi é profissional", declarou.

O irmão de Biancucchi, Emanuel, também será “tema da conversa” com o Bahia, de acordo com o empresário. A intenção do agente é mandar os dois atletas para a equipe da Fonte Nova. Um fator que poderá emperrar a negociação de Maxi com o Tricolor, no entanto, é o Vasco da Gama. O clube carioca também demonstrou interesse no argentino e agendou uma conversa com Regis Marques para esta sexta-feira.

“Estão me chamando de mercenário, mas só estou fazendo meu trabalho. Maxi está sem clube e minha obrigação é empregá-lo. O Vitória perdeu a preferência, mas não descarto sua ida para lá se a diretoria resolvesse aumentar a proposta”, encerrou o empresário.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade