Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

‘Ensaio ofensivo’ de Muricy tem Osvaldo e orientações a Luis Ricardo

Bruno Oliveira, especial para a GE.NET Cotia (SP)

Sem marcar um gol desde 28 de fevereiro do último ano, quando balançou as redes na vitória por 2 a 1 sobre o The Strongest (Bolívia), o atacante Osvaldo receberá nova chance entre os titulares nesta quarta-feira, quando o São Paulo enfrenta o Mogi Mirim. Atuando pelo lado esquerdo do setor ofensivo em treinamento realizado nesta terça-feira, o atleta é uma das principais peças da mudança de esquema tático feita por Muricy Ramalho.

Na derrota por 2 a 0 diante do Bragantino, no último domingo, o time tricolor entrou em campo com formação mais conservadora, utilizando Denilson como líbero entre os zagueiros. Para o confronto desta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), no Morumbi, Muricy deve optar por escalação ofensiva, com Osvaldo formando trio de ataque com Ademílson e Luis Fabiano.

Durante trabalho de manutenção de posse de bola realizado no Centro de Treinamento de Cotia, o técnico da equipe tricolor colocou Wellington como único volante à frente da dupla de zaga, que foi formada por Rodrigo Caio e Antônio Carlos. Pelo lado direito, Muricy dava orientações ao lateral Luis Ricardo e pedia que o atleta não centralizasse as jogadas, buscando sempre a linha de fundo.

Principal armador do time, Paulo Henrique Ganso atuou mais deslocado pelo lado direito e teve auxilio de Maicon, pela esquerda, na criação de jogadas. Osvaldo era o homem de velocidade pelo lado esquerdo, enquanto Ademílson exercia a função do outro lado. Luis Fabiano, como esperado, era a principal referência do setor ofensivo.

Ainda em busca de mais atacantes para compor o elenco comandado por Muricy Ramalho, o São Paulo foi o único clube entre os grandes do Estado que não balançou as redes na primeira rodada do Campeonato Paulista. Palmeiras e Corinthians venceram Linense e Portuguesa, respectivamente, por 2 a 1. Já o Santos superou o XV de Piracicaba por 1 a 0.

Rafael Sobis, atualmente no Fluminense, era um dos alvos da alta cúpula da equipe tricolor. Entretanto, a pretensão salarial do atleta fez com que as negociações não prosseguissem. O centroavante Ricardo Oliveira, dispensado pelo Al-Jazira (Emirados Árabes), é outro nome cogitado para reforçar o ataque do São Paulo na sequência deste ano.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade