Futebol - ( - Atualizado )

Felipão e Deco lembram ensinamentos de Eusébio na seleção portuguesa

São Paulo (SP)

Dois dos principais brasileiros que trabalharam pela seleção portuguesa lamentaram a morte de Eusébio. Luiz Felipe Scolari, atualmente técnico da Seleção Brasileira, e o ex-meia Deco relembraram das lições passadas pelo ex-craque para a geração que, como o time de Eusébio, foi semifinalista de uma Copa do Mundo.

“Lamento muito. Sempre tive um ótimo relacionamento com ele. No convívio conosco na seleção portuguesa ele sempre tinha uma palavra de incentivo e de ensinamento que eu e o Murtosa (auxiliar) usávamos. Ele tinha um grande respeito de todos da seleção, atletas, comissão técnica e diretoria. É uma grande perda para todos nós”, disse Felipão, que está no interior do Rio Grande do Sul.

AFP
Eusébio esteve ao lado de Felipão e Deco na Copa do Mundo de 2006
“Realmente é uma grande perda para o futebol mundial e para Portugal. Tive a oportunidade de conviver muito tempo com o Eusébio durante os sete anos em que defendi a seleção portuguesa. Fiz uma amizade e tinha muito carinho por ele. Tinha o respeito de todos na seleção e ajudava muito com sua experiência e seus conselhos. Sinto muito pelo falecimento dele”, falou Deco, que se aposentou em 2013.

Felipão foi técnico da seleção portuguesa entre 2003 e 2008, enquanto Deco defendeu o país de 2003 a 2010. Os dois estiveram na segunda melhor campanha lusitana em Mundiais, ficando em quarto lugar na Copa do Mundo de 2006. O desempenho só é superado pela equipe de 1966, que tinha Eusébio em seu auge e ficou na terceira posição.

Brasileiro naturalizado português como Deco e ainda presente na seleção lusitana, Pepe lamentou também a morte do ex-craque. “Perdeu-se hoje uma grande pessoa e uma referência do futebol mundial. Obrigado por tudo, Eusébio”, escreveu o zagueiro do Real Madrid em seu Twitter.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade