Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Fred minimiza cobrança após temporada ruim e elogia Walter

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Depois de perder boa parte do segundo semestre de 2013 por conta de uma lesão, o atacante Fred começa esta temporada disposto a ajudar o Fluminense a voltar ao rumo dos títulos. Segundo o jogador, o Tricolor sempre foi cobrado, principalmente porque vinha de conquistas nos últimos anos. Somente no ano passado a equipe não laevantou taça.

“O Fluminense será cobrado sempre. Desde 2008 estamos chegando a finais e ganhando títulos. Somente em 2013 tivemos uma temporada ruim. Pelo nível do nosso plantel, o Fluminense será sempre cobrado e nós, jogadores, temos que mostrar a nossa força em campo”, disse.

Fred fez questão de elogiar as contratações do clube. O atacante destacou que gosta do futebol apresentado por Walter e espera que o novo companheiro possa ajudar o Fluminense na temporada.

“O grupo fortaleceu muito com a volta de quem estava machucado e pela contratação do Walter, que curto como pessoa e jogador de futebol. Ano passado, cada vez que ele pegava na bola ou dava o passe, o Goiás fazia gol. Espero que ele possa chegar e ajudar o Fluminense”, declarou.

Sobre o peso de Walter, Fred destacou que isso não o atrapalhou no ano passado e passou a 'responsabilidade' para a comissão técnica.

Bruno Haddad/Fluminense F. C.
Fred já garantiu que não irá se poupar no Fluminense pensando na disputa da Copa do Mundo, em junho
“Isso é com a comissão técnica. Isso nunca atrapalhou ele. Agora a comissão vai pegar no pé dele quanto a isso”, brincou.

O atacante ressaltou que o foco do Fluminense é a conquista do Campeonato Brasileiro. No entanto, Fred falou que os tricolores não vão deixar o Campeonato Carioca de lado. O jogador só reclamou do pouco tempo para a pré-temporada, que será feita em Mangaratiba, no interior fluminense.

“Vamos trabalhar para o Carioca, depois vamos trabalhar para o Brasileiro. Nosso foco principal é o Brasileiro. Estamos na Série A porque o STJD puniu outro clube. Teremos uma temporada desgastante e a pré-temporada curta prejudica a preparação no restante do ano. Vamos treinar oito dias até entrarmos em campo”, finalizou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade