Futebol/Mercado - ( )

Futebol chinês faz Antonio Carlos se desanimar: "Não dá pra brigar"

Tarcísio De Lucca, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Ex-time do zagueiro Antonio Carlos, o Botafogo foi um dos que mais sofreram com os clubes chineses, que tiraram o meia Hyuri e o atacante Rafael Marques de General Severiano. Já no Morumbi, a baixa ficou por conta de Aloísio, vendido ao Shandong Luneng. Pela parte do defensor, só lamentos.

“Todo mundo que tá aqui tá indo embora. Esse mercado chinês tá agarrando muita gente, os clubes não conseguem brigar com eles. Mas o São Paulo sempre contrata bem, espero que os reforços sejam de qualidade”, pediu, ciente das negociações com Souza e Pabón.

Atacante colombiano, Pabón já deixou o Valencia para fazer exames médicos e assinar contrato de um ano e meio com o clube tricolor. Já o volante tem situação um pouco mais complicada, uma vez que o Grêmio pede a inclusão de Rhodolfo nas negociações.

No último domingo, o lateral-esquerdo Álvaro Pereira estreou e já rendeu elogios. O uruguaio deu até assistência para Antonio Carlos marcar seu segundo gol. Porém, o contratado da Inter de Milão ainda precisa readquirir ritmo de jogo.

O São Paulo ocupa a liderança do Grupo A do Campeonato Paulista, com seis pontos, e vem de dois triunfos consecutivos. O próximo adversário na competição estadual será o Rio Claro, nesta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), no Morumbi.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade