Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Gilson Kleina não descarta usar Valdivia como titular no domingo

Bruno Landi, especial para a GE.net São Paulo (SP)

Valdivia entrou em campo pela última vez no dia 23 de novembro de 2013, diante do Ceará, pela 37ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro. De lá para cá, o meia voltou de férias e vinha realizando uma pré-temporada especial, visando o fortalecimento muscular. O seu primeiro treinamento com bola aconteceu somente na segunda-feira, e ele não participou de um jogo-treino na terça. No entanto, será relacionado para o jogo contra o Atlético Sorocaba, neste domingo, pela 3ª rodada do Paulistão, e pode, inclusive, começar como titular.

Foi isto, pelo menos, o que garantiu o treinador alviverde, Gilson Kleina, em entrevista coletiva após o treino desta sexta-feira, na Academia de Futebol. “O Valdivia vai ser relacionado para o jogo contra o Atlético Sorocaba. A gente conseguiu ter um ganho depois desta pré-temporada dele. As avaliações mostram que ele já está em condições de jogar. No treino de amanhã (sábado), faremos uma análise mais precisa do Valdivia e definiremos se ele começando jogando ou no banco”, declarou o comandante do Palmeiras, preferindo não cravá-lo entre os suplentes.

O chileno participou da atividade com bola desta sexta-feira – que não contou com os titulares -, mostrou disposição, mas deu azar. Uma tempestade atingiu o Centro de Treinamentos do Verdão e interrompeu os trabalhos. Assim, o meia só pode mostrar serviço com a redonda nos pés por cerca de dez minutos – a primeira parte do treino, que durou aproximadamente meia hora foi dedicada à parte física.

“Tínhamos algumas situações pra fazer com ele hoje, mas infelizmente tivemos que cancelar o treino. Porém, isso pode ser superado de outra forma. Temos que nos precaver, respeitar a natureza e ver como ele trabalha amanhã”, ressaltou Kleina, antes de rasgar elogios ao Mago.

Divulgação
Valdivia só começou a treinar com bola na segunda-feira, mas pode ser titular no jogo contra o Atlético Sorocaba

“O Valdivia tem a genialidade. Com a qualidade dele, o time aumenta seu poder técnico. Conversamos para sempre tê-lo no nível que o fez voltar para o Palmeiras e que represente o que ele é para essa nação. Ele tem a nossa confiança. Sabe que precisa de um trabalho mais longo e é importante colocarmos os jogadores de qualidade juntos. Quem ganha é o torcedor e o time”, exaltou.

Quem, provavelmente, também fará a sua estreia na temporada neste domingo é o atacante Leandro. Ele se reapresentou ao Palmeiras com alguns dias de atraso, por causa da indefinição de sua compra junto ao Grêmio, e por isso ainda não jogou em 2014. Artilheiro do time em 2013, o camisa 38 sequer foi relacionado para a 1ª rodada do Paulistão, contra o Linense, e permaneceu os 90 minutos do duelo diante do Comercial, nesta quinta, no banco de reservas.

Ele viaja com o grupo para Sorocaba, mas uma vaga entre os titulares contra o Atlético parece distante. Kleina gostou da formação ofensiva com Wesley, Mazinho e Serginho alimentando Alan Kardec, e pretende mantê-la nos primeiros jogos do ano.

“O Leandro terminou como titular no ano passado, mas ele se reapresentou um pouco depois dos outros e, por isto, ainda tem que fazer um trabalho mais especial. O pensamento era utilizá-lo no segundo tempo contra o Comercial, mas as lesões do Juninho e do Renato me forçaram a fazer outras alterações”, disse o treinador. “Neste início, eu quero mexer o menos possível na equipe. Quanto mais eu puder repetir o time, melhor. O Leandro é um jogador maduro e entende que todos vão ter o seu espaço. Naturalmente ele voltará à equipe”, decretou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade