Futebol/Campeonato Carioca - ( )

Guia do Cariocão: Bota tenta bi; Dupla Fla-Flu luta pela hegemonia

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

A partir deste sábado, os quatro clubes grandes do futebol do Rio de Janeiro começam a disputar o Campeonato Carioca, edição 2014, com motivações diferentes. Atual campeão, o Botafogo pretende o bicampeonato, o Flamengo, maior vencedor,com 32 títulos, tenta manter a hegemonia enquanto o Fluminense tenta empatar com o tradicional rival em número de conquistas estaduais. O Vasco, sem títulos desde 2003, tenta quebrar o incômodo jejum. Botafogo e Flamengo iniciarão o torneio com equipes reservas. O Alvinegro vai disputar a pré-Libertadores, enquanto o Flamengo já está classificado e vai priorizar o torneio sul-americano. Mesmo assim, eles prometem brigar pelo título.

Para alcançar seus objetivos, as equipes cariocas vão disputar uma competição diferente em relação às disputadas nos anos anteriores.Em função do calendário apertado por causa da realização da Copa do Mundo, o Campeonato Carioca teve a sua fórmula alterada e ficou mais curto.

De acordo com o regulamento divulgado pela Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro (FFERJ), o campeonato estadual será disputado em turno único. as 16 equipes da Série A se enfrentam numa disputa de pontos corridos. Os quatro primeiros se classificam às semifinais do Estadual. Tanto as semifinais quanto a final serão disputadas em dois jogos, de ida e volta. Mesmo que uma equipe de menor investimento esteja entre as quatro, é a Federação quem define a ordem dos confrontos e onde os mesmos acontecerão.

O campeão da Taça Guanabara será o clube que somar o maior número de pontos ao final do turno. Já o campeão da Taça Rio será obrigatoriamente um time de menor investimento, já que a competição vai reunir apenas os clubes que não se classificarem para as semifinais. Não haverá confronto entre os vencedores das duas taças na decisão do campeonato.

Satiro Sodré/Divulgação AGIF
Atual campeão estadual, o Botafogo tenta o bicampeonato, mas terá que suprir a ausência de Seedorf
As duas equipes que ocuparem os últimos postos serão rebaixadas para a série B. Ao contrário do que aconteceu em anos anteriores, o jogador advertido com três cartões amarelos estará obrigatoriamente suspenso, não havendo mais o pagamento a taxa de R$ 500 para que o atleta seja liberado para atuar na rodada seguinte.

A força dos favoritos

BOTAFOGO- Atual campeão estadual, o Botafogo vai começar a luta pelo bicampeonato com uma equipe alternativa, uma vez que o grupo principal está sendo preparado para o confronto com o Deportivo Quito, pela Pré-Libertadores. Para enfrentar os desafios da temporada, o time de General Severiano não contará com sua maior estrela. O meia holandês Seedorf deixou o clube para dirigir o Milan, da Itália.

A direção técnica também mudou. Saiu Oswaldo de Oliveira e a diretoria decidiu apostar em Eduardo Hungaro que trabalhava nas divisões de base. Para reforçar o grupo, o Botafogo contratou vários jogadores, com destaque para os volantes Bolatti, Airton e Rodrigo Souto, o meia Jorge Wagner e o atacante argentino Ferreyra.

FLAMENGO- Jayme de Almeida foi mantido como treinador depois de ter levado o time à conquista da Copa do Brasil. O grande desfalque é o do meia Elias que voltou para o Sporting, embora a diretoria rubro-negra ainda acredite na volta do jogador. O zagueiro equatoriano Erazo, os laterais Léo e Everton, os volantes Feijão e Elano e o atacante Alecsandro são os principais reforços para a temporada. E o clube da Gávea acaba de anunciar a contratação do jovem meia argentino Lucas Mugni que atuava no Colón.

Alexandre Vidal/Fla Imagem
Após o título da Copa do Brasil, o Flamengo se reforçou com o experiente volante Elano para a temporada 2014
FLUMINENSE - Depois de um final de ano complicado quando chegou a ser rebaixado para a série B, mas acabou beneficiado por uma decisão do STJD, o Tricolor das Laranjeiras pretende começar a temporada com o pé direito. A primeira mudança foi a substituição de Dorival Júnior por Renato Gaúcho que volta, mais uma vez, ao clube para tentar repetir as boas campanhas anteriores.

A volta do meia argentino Dario Conca é o grande trunfo tricolor que também acertou com o atacante Walter, destaque do Goiás, no último Campeonato Brasileiro. Recuperado de uma grave lesão, o artilheiro Fred também é uma arma importante para o Flu. Muitos jogadores que participaram das competições anteriores foram liberados: Edinho, Digão, Anderson, Felipe e Samuel deixaram as Laranjeiras.

VASCO - O clube de São Januário, rebaixado para a série B do Campeonato Brasileiro, foi o que mais sofreu mudanças em relação ao elenco do ano anterior. Cerca de 15 jogadores foram liberados e o clube investiu em quase todas as posições para tentar conquistar o título estadual, o que não acontece desde 2003. Foram contratados o goleiro uruguaio Martin Silva, os laterais André Rocha, Marlon e Diego Renan, o zagueiro Rodrigo, o volante Aranda e o atacante Everton Costa. O volante Felipe Bastos e Wiliam Barbio retornaram de empréstimos e o experiente meia Juninho Pernambucano deve disputar sua última competição com a camisa cruz-maltina.

Nelson Perez/Fluminense FC
Sob o comando de Renato Gaúcho, o Fluminense conta com bons reforços para apagar a má temporada em 2013
Pequenos querem surpreender

AUDAX RIO - A grande novidade da equipe da Baixada Fluminense é o técnico Válber que inicia uma nova carreira depois de uma longa e vitoriosa carreira como zagueiro. O clube confia na experiência do volante Wellington Monteiro e do atacante Washington para fazer uma boa campanha. A última contratação foi do veterano lateral-esquerdo Jorginho Paulista que defendeu grandes clubes do futebol brasileiro.

BANGU- A tradicional equipe de Moça Bonita não fez grandes investimentos, mas acredita na força do seu passado para ter uma temporada positiva. O experiente meia Almir voltou ao clube para comandar um elenco jovem e ambicioso. Mazolinha vai comandar o grupo.

BOAVISTA- América Faria, ex-supervisor da seleção brasileira, com passagens por vários clubes, é o treinador da equipe de Saquarema. O clube investiu em jogadores experientes como os zagueiros Gustavo e Bruno Costa e os atacantes Cascata e Gilcimar. Contratou também o goleiro Getúlio Vargas, revelado pelo Flamengo, e o atacante Romário, cedido pelo Vasco.

BONSUCESSO- Pouco dinheiro para investir, mas muita confiança na história de um dos clubes mais antigos do futebol carioca. O rubro-anil da Leopoldina investiu numa equipe jovem e desconhecida, comandada pelo treinador Ricardo Barreto e tem como grande ambição, se manter na primeira divisão.

Marcelo Sadio/Divulgação/Vasco da Gama
Menos badalado, o Vasco conta com a permenência do ídolo Juninho, que se recupera de lesão neste início
CABOFRIENSE- Apostar em jogadores experientes é a filosofia adotada pelo clube da Região dos Lagos que volta à primeira divisão do futebol carioca com vontade de permanecer. O técnico é Alexandre Barroso e a última contratação foi a do atacante Bruno Veiga, cedido pelo Fluminense. O goleiro Luis Cetin, o zagueiro Gladstone e o atacante Fabrício Carvalho são alguns dos destaques da equipe da Região dos Lagos.

DUQUE DE CAXIAS- O time da Baixada Fluminense trocou de treinador quase no início da competição. Alexandre Gama se transferiu para o futebol asiático e César Diniz assumiu o posto. O time não fez grandes investimentos e aposta em jovens promessas como o meia Juninho e o atacante Alex Terra para repetir as boas campanhas dos anos anteriores.

FRIBURGUENSE- O experiente Gerson Andreotti terá a missão de comandar a equipe serrana e contará com os experientes Abedi, Cadão, Sérgio Gomes e Ziquinha para comandar a equipe dentro de campo. O atacante argentino Federico Diaz é a aposta principal da diretoria da equipe de Nova Friburgo.

MACAÉ- O time do norte fluminense também está apostando em desconhecidos para disputar a competição. Paulo Henrique Filho é o treinador e o elenco conta com jogadores acostumados a disputar a competição como o meia Luiz Filipe que veio do Bonsucesso e o atacante João Carlos, contratado ao Duque de Caxias.

MADUREIRA- O Tricolor suburbano terá novamente o comando de Antonio Carlos Roy, treinador experiente e que já dirigiu várias equipes de menos investimento em competições anteriores. A diretoria trouxe o zagueiro Aislan, revelado pelo São Paulo e o volante Wellington Pecka que atuava no futebol dos Estados Unidos, além de outros desconhecidos que pretendem aproveitar a chance de disputar o campeonato carioca para aparecer bem.

NOVA IGUAÇU- O ex-volante Edson Souza com passagens por vários clubes brasileiro é o técnico da equipe da Baixada Fluminense. O volante Peter que veio do Figueirense é a o maior investimento. A diretoria também investiu em atacantes experientes como Sérgio Júnior e Zambi que se destacaram por outros clubes para buscar uma boa classificação. O atacante Geovani que atuava no Mixto, de Cuiabá, foi a última contratação.

RESENDE- O veterano Paulo Campos é o técnico da equipe do Sul-fluminense e que vem realizando boas campanhas em anos anteriores. A base do ano passado foi mantida e o volante Bruno Gallo que veio do Vitória de Setúbal de Portugal é a principal contratação. O atacante Geovane Maranhão segue como o grande nome da equipe depois que o atacante Elias se transferiu para o Botafogo.

VOLTA REDONDA - Um dos mais tradicionais participantes do campeonato estadual, o Voltaço vai apostar suas fichas no treinador Tarcísio Pugliese que trabalhava no futebol paulista e que trouxe alguns jogadores que trabalharam com ele no Guarani como o lateral Jefferson Feijão e o atacante Laionel. O volante Rodrigo Dantas, revelado pelo Botafogo, é uma das atrações da equipe da Cidade do Aço.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade