Basquete/NBB - ( - Atualizado )

Herói em triunfo alviverde, Guto admite surpresa por saída de Brown

Bruno Ceccon São Paulo (SP)

Com uma cesta de três no estouro do cronômetro, Guto garantiu a vitória do Palmeiras/Meltex por 87 a 84 sobre o Paschoalotto/Bauru na noite desta quinta-feira. Herói do triunfo alviverde no NBB, o jogador tratou de comemorar o feito no Palestra Itália, mas admitiu a surpresa pela saída repentina do armador Caleb Brown.

“A bola sobrou para mim e graças a Deus consegui finalizar. Jogamos muito bem e ganhamos do campeão paulista. Nosso time está em uma evolução muito grande e acho que podemos terminar a primeira fase entre os quatro primeiros. Por que não pensar grande?”, perguntou o ala.

Cestinha do Palmeiras com 21 pontos, Guto converteu os oito arremessos tentados durante a partida, cinco de três pontos, inclusive o último. Apesar de protagonizar o lance decisivo diante do Bauru, algoz do time da casa na última edição do Campeonato Paulista, ele procurou dividir os méritos.

“Isso é treino. Não vou terminar com 100% aproveitamento todos os dias, mas treino muito para estar sempre afiado. Na verdade, o jogo não é vencido no último segundo. Ganhamos na defesa, na jogada que o Maxi e o Átila forçaram para recuperar a posse de bola no final”, disse Guto em alusão a um lance contestado pelo Bauru.

O confronto travado no Palestra Itália marcou a estreia dos três reforços anunciados pelo Palmeiras nesta semana. Pela primeira vez, o técnico Betão escalou o armador argentino Maximiliano Stanic, o ala Fabrício Russo e o ala-pivô Rodrigo Silva.

Divulgação
Com uma cesta de três no estouro do cronômetro, o ala Guto definiu a vitória do Palmerias. Foto: Léo Pinheiro
“Acho que a presença dos três reforços foi primordial para conseguirmos a vitória. O Maxi já começou jogando muito bem e se integrou facilmente ao time. Os outros também ajudaram. Acredito que eles só têm a somar para o Palmeiras”, declarou Guto.

Se elogiou os novos contratados, Guto admitiu a surpresa do elenco com a saída inesperada de Caleb Brown, anunciada no começo da semana. Contratado em 2011, o norte-americano, um dos principais jogadores da equipe, teve seu vínculo rescindido após 120 partidas e 1.783 pontos anotados.

“A gente ficou surpreso. Não queremos a saída de ninguém, mas se for para o bem do time, apoiamos a decisão do técnico e da diretoria. Estamos junto com eles. Não é que o Brown não faz falta, mas jogamos sem ele hoje e conseguimos essa vitória importante”, afirmou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade