Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Inter apresenta Paulão, um "zagueiro-zagueiro"

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

A fama de simplicidade e seriedade acompanha Paulão desde que ele passou a obter certo destaque no Grêmio, durante o Campeonato Brasileiro. Apresentado pelo Internacional nesta terça, o jogador de 27 anos diz não ter vergonha de simplificar. O estilo de jogo apresentado no maior rival colorado, no futebol chinês e no Cruzeiro, garante ele, será mantido.

“Não tenho vergonha de dizer que sou rebatedor. Sou zagueiro-zagueiro, e esse é o meu trabalho. Nem todo zagueiro é habilidoso, mas também nem todo é guerreiro”, afirmou Paulão, sintetizando seu estilo em sua coletiva de apresentação com a mesma simplicidade que apresenta dentro dos gramados. “Fiquei meio espantado com o interesse do Inter, pois tive um ano não tão feliz assim no Cruzeiro, mas ainda assim consegui oportunidade em um clube campeão mundial”, afirmou Paulão, com sinceridade.

Paulão chega ao Inter para substituir ninguém menos que Índio, jogador mais vitorioso da história colorada. O veterano, que completará 39 anos nas próximas semanas, deve ficar no Beira-Rio apenas até a metade do ano, para participar das festividades de reinauguração da casa colorada. “Chegar para o lugar de um jogador com tantos títulos, que tem o respeito de todos, é muito bom, pela dificuldade e pela cobrança”, afirmou Paulão.

O elenco principal do Internacional se reapresenta para iniciar os trabalhos da temporada nesta quarta-feira. Nesta terça, a direção colorada negou que esteja interessada no meia uruguaio Alejandro Silva, destaque do Olímpia na última Libertadores. A ideia do clube gaúcho é fazer mais um negócio de ocasião para encerrar o primeiro ciclo de contratações de 2014.

Divulgação
Após passagem pelo futebol chinês, zagueiro disputou 46 jogos com a camisa do Cruzeiro no último ano

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade