Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Kleina admite alívio, mas aponta para erros do time na estreia

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

O técnico Gilson Kleina já sabe que sofrerá uma pressão maior nesta temporada de centenário do Palmeiras, pois recebeu os tão esperados reforços da diretoria. Por isso, o treinador mostrou alívio com a vitória por 2 a 1 sobre o Linense, neste sábado, mesmo reconhecendo que o time apresentou falhas diante do adversário do interior.

“Toda estreia é complicada, com o pessoal voltando de férias. A vitória dá o alívio pelos três pontos, mas não vamos encobrir os erros. O resultado vai valer muito pelo que vamos passar na semana e faremos a correção nos treinos. A cobrança, sendo centenário ou não, é a mesma”, comentou.

Ainda sem contar com jogadores importantes, Kleina explicou que o time teve dificuldade para pressionar o oponente, alertando que o Linense teve uma pré-temporada bem maior.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Gilson Kleina planeja corrigir os erros do Palmeiras nos próximos treinos, com a tranquilidade de ter vencido
“Até tomarmos o gol, não estávamos sendo contundentes, estávamos sem criar. Havia muita briga e erros de passe... Tínhamos nos armado para ter a posse de bola, porque não estamos em um nível de competir de igual para igual com eles, que terminaram com mais perna. É normal, estão 40 dias na frente”, ponderou.

Ainda na etapa inicial, o Linense abriu o placar, com gol do ex-palmeirense Anselmo. No segundo tempo, Mazinho e Alan Kardec determinaram a virada alviverde, dando um tempo maior de tranquilidade para Kleina ajustar a equipe.

“Se segurássemos a bola, teríamos de manter o controle, mas estávamos com lentidão e a transição não estava boa. Temos de ter paciência. Precisávamos de inteligência para o jogo de estreia. Vai ser assim. O que fica é que estreamos com o pé direito e fica mais fácil com a vitória”, completou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade