Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Lewandowski é acusado de agredir garoto após receber insulto

Dortmund (Alemanha)

O atacante Robert Lewandowski, que atualmente defende o Borussia Dortmund mas já tem transferência acertada para o Bayern de Munique, foi acusado de agressão por um menor alemão. Após receber um insulto, o jogador teria descido do carro e dado um tapa em um jovem de 17 anos.

"Quando eu o vi, mostrei o dedo do meio. Sei que não estava certo, mas ele pulou em minha direção como um touro. Sua namorada, que é campeã de caratê, abriu a porta do passageiro. Fiquei com medo. Então ele me disse 'o que foi isso, o que você fez? Me deu um tapa na testa e eu voei para trás", disse Philip S. ao jornal Bild.

O jovem prestou queixa e a polícia de Dortmund abriu inquérito para investigar o caso. Segundo o Bild, autoridades disseram que duas testemunhas confirmaram a versão do menor.

Em seu perfil no Facebook, Lewandowski tentou se defender. O artilheiro disse ter se envolvido em uma discussão com estudantes do ensino médio de uma escola, mas negou qualquer tipo de agressão.

AFP
Lewandowski assinou contrato até 2019 e se apresentará ao Bayern no meio deste ano (foto: John Macdougall)
"Gostaria de dizer, e deixar claro, que não usei qualquer tipo de força contra aqueles que violaram minha privacidade. Não tenho a intenção de ensinar adolescentes a como se comportar", explicou o jogador.

Entrevistado pelo Bild, o diretor executivo do Borussia, Hans-Joachim Watzke, saiu em defesa de Lewandowski.

"Falei com Robert Lewandowski e ele nega veementemente as acusações. Robert explicou que o menino lhe mostrou o dedo do meio. Então ele saiu do carro, colocou a mão em seu ombro e lhe perguntou por que estava fazendo uma coisa dessas. Robert jura que não tocou no rosto do garoto ou bateu nele. Acredito em Robert 100%", afirmou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade