Futebol/Mercado - ( )

Lins acerta com time japonês e deve deixar o Tigre até o fim de janeiro

Criciúma (SC)

O atacante Lins poderá deixar o Criciúma até o fim de janeiro deste ano. O jogador já assinou um pré-contrato com o Gamba Osaka e poderá se transferir para a equipe japonesa com objetivo de se adaptar ao local do novo clube.

“Só tenho a agradecer pelo tempo que passei no Criciúma, mas também tenho que pensar no meu futuro. Se eu sair agora, o clube também ganha uma compensação. Se for depois, como termina meu vínculo, ficam sem nada. Além disso, ir para o Japão já neste início de ano seria bom para me adaptar, pois vou pegar a competição no começo”, explicou o jogador que está passando férias com a família.

O empresário do jogador, Nick Arcuri, também pensa em ajudar o Tigre com a antecipação da saída. "Já temos um acerto com o Gamba Osaka para ele ir no começo do ano que vem, o que seria bom para o atleta e para o Criciúma, que receberia uma compensação financeira. Se o Lins não sair agora, cumpre seu contrato até o dia 1 de junho e depois sai de graça”, completou.

O diretor de futebol do clube catarinense, Cláudio Gomes, só liberará o jogador se encontrar outro para suprir a vaga. “Estamos na busca de um jogador com o mesmo perfil e características do Lins. Caso a gente consiga uma reposição para o lugar dele, a gente aceita o pagamento da multa, que não é significativa”, disse em entrevista ao Diário Catarinense.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade