Fuebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Livre de lesão, Henrique espera ser "o mesmo da Barcelusa" em 2014

São Paulo (SP)

Em 2013, o meia-atacante Henrique sofreu uma grave lesão defendendo a Portuguesa na elite nacional: a ruptura do ligamento cruzado do joelho esquerdo. Liberado pelo departamento médico para atividades de readaptação, o jogador celebrou a volta ao campo e espera repetir as boas atuações que o consagraram na equipe rubro-verde de 2011, que ficou conhecida popularmente como “Barcelusa”.

“Estou feliz por voltar a treinar. Espero voltar a jogar dentro de um mês e ajudar a Portuguesa da melhor forma. A torcida pode esperar um Henrique como o de 2011, renovado e recuperado”, sintetizou, em entrevista ao site oficial do clube.

No Campeonato Brasileiro da Série A, Henrique participou apenas de três partidas, todas como suplente: as derrotas contra Goiás (2 a 1) e Vasco (1 a 1) e o empate frente o Náutico (2 a 2). Pela Copa do Brasil, o meia-atacante esteve em campo no empate sem gols diante do Naviraiense-MS, equipe que, surpreendente, eliminou a Lusa da competição.

Divulgação/Portuguesa
Recuperado e longe do departamento médico, Henrique quer repetir as atuações que o consagraram em 2011

Goleiro se prepara e pede empenho dos jovens – Remanescente na última disputa da elite nacional, o arqueiro Glédson segue se preparando para a disputa do Campeonato Paulista. Na visão do atual camisa 1, os fatores extracampo, como o rebaixamento para a Série B do Campeonato Brasileiro após a escalação irregular de Héverton, estão dificultando as ações da Lusa no quesito contratação.

“A gente tem que esquecer o que aconteceu, mas o fato é que está difícil até para contratar. De antemão vemos que o time titular mudou, mas estamos trabalhando, buscando o nosso melhor. Sabemos que estrear já com clássico não é fácil e queremos entrar em forma o quanto antes para fazer uma grande estreia”, ressaltou, em entrevista ao site oficial do clube.

Por fim, o experiente guarda-metas garantiu que cobrará empenho dos jovens atletas que integram o elenco rubro-verde: “Procuramos mostrar que eles precisam se empenhar ao máximo, pois o Paulistão é muito difícil e competitivo. A Lusa sofreu em 2012, mas conseguimos retornar à elite. Agora, vamos fazer o nosso melhor, passando toda a experiência possível para que esses meninos possam nos ajudar”, completou.

Divulgação/Portuguesa
O experiente Glédson prometeu cobrar empenho dos jovens rubro-verdes (Foto: Dorival Rosa)

A Portuguesa estreia na competição no dia 19 de janeiro, domingo, às 17 horas (de Brasília), diante do Corinthians, no estádio do Canindé. O Rubro-Verde está no Grupo C, ao lado de Paulista, Ponte Preta, Santos e São Bernardo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade