Futebol - ( )

Mano foge de perguntas rubro-negras e vê privilégio em abrir estádio

São Paulo (SP)

O técnico Mano Menezes separou meia hora de sua terça-feira para responder a perguntas de torcedores no Twitter. Como não era de difícil previsão, o gaúcho foi bastante acionado por flamenguistas, que não digeriram bem sua saída do clube rubro-negro no ano passado.

“Você pretende assistir pela TV aos jogos do ‘elenco limitado’ do Flamengo na Libertadores?”, perguntou um dos internautas, sem resposta do treinador do Corinthians. O gaúcho preferiu falar sobre sua nova equipe, projetando inicialmente a inauguração do estádio de Itaquera, prevista para abril.

Divulgação/Agência Corinthians
De seu computador, Mano deu atenção aos corintianos
“Eu me sinto um privilegiado. O estádio está ficando muito bonito. O torcedor corintiano logo vai poder usufruir dele”, afirmou o técnico, que lembrou: a arena não é a única diferença de sua primeira passagem pelo clube, entre 2008 e 2010. “A estrutura mudou. O clube evoluiu muito. O CT é uma referência, de nível internacional. Isso favorece muito o desenvolvimento dos treinamentos.”

Mano também foi questionado sobre a montagem do time para a temporada 2014. Além de indicar que não precisa reforçar a defesa por agora ter laterais mais ofensivos e apontar a qualidade de Guilherme na chegada à frente, explicou o posicionamento no qual pretende utilizar Alexandre Pato.

“O Pato deve jogar mais centralizado, e não como ponta”, resumiu. Isso significa que o contestado atacante vai brigar para tomar a posição de Paolo Guerrero ou atuar girando em torno do centroavante. Por enquanto, é Romarinho o escolhido para desempenhar essa função.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade