Futebol/Copa São Paulo de Juniores - ( )

Menta exalta Kashiwa Reysol e espera reabilitação do São Paulo

Barueri (SP)

A estreia tricolor na Copa São Paulo de Futebol Júnior não foi como o torcedor esperava. O empate por 1 a 1 com o Kashiwa Reysol, equipe do Japão, frustrou os são-paulinos na Arena Barueri, marcada pelo incessante protesto ao presidente do clube, Juvenal Juvêncio. Porém, deixando de lado as questões extracampo, o técnico Menta fez questão de exaltar o elenco nipônico e mostrou confiança na reabilitação de seus comandados na competição.

"Ninguém esperava vida fácil nesse primeiro jogo. Todos aqui estavam alertas de que o Kashiwa Reysol é um time muito bom, totalmente aplicado, e que sabe totalmente o que está fazendo em campo. Agora, vamos em busca de reverter esse resultado contra o Auto Esporte-PB", sintetizou o treinador.

Adiante, Menta expôs que o resultado adverso serve de motivação para o São Paulo crescer na competição: "Esse grupo é bem jovem, mas muito capaz. Acredito que a ansiedade pode ter atrapalhado um pouco nesse primeiro jogo, mas certamente foi uma aprendizado para o restante do campeonato. Esses jogadores são muito capazes de conseguir bons resultados. Sabemos que esse grupo só tende a crescer. Assim, continuamos o trabalho para fazer um bom papel nessa Copinha”, completou.

O elenco são-paulino terá dois dias de trabalho antes de voltar ao gramado. O próximo compromisso do Tricolor será na segunda-feira, às 19 horas (de Brasília), diante do Auto Esporte-PB, na Arena Barueri. A partida preliminar, às 17 horas, será entre Barueri e Kashiwa Reysol. A equipe paraibana lidera o Grupo W, já que bateu os mandantes, na primeira rodada, pelo placar de 1 a 0.

Rubens Chiri/www.saopaulofc.net
Menta não se surpreendeu com a postura japonesa: "Todos aqui estavam alertas de que o Kashiwa é muito bom"

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade