Futebol/Seleção Brasileira - ( - Atualizado )

Mercadão de SP recebe mostra ‘Seleção Brasileira de Todos os Tempos’

São Paulo (SP)

Desde o dia 23 de janeiro, os apaixonados por futebol têm a oportunidade de escolher a Seleção Brasileira de todos os tempos através de uma exposição interativa localizada no Mercado Municipal de São Paulo, na região central da cidade. Na mostra organizada pelo Sesc Carmo, o artista Dodô Vieira criou caricaturas de três jogadores para cada posição de um time ideal para o Brasil, considerando a participação de cada um em Copas do Mundo. Desta forma, cabe ao visitante votar em seu preferido para formar o esquadrão ‘canarinho’.

A escolha dos três representantes de cada posição foi feita pelo historiador e técnico Ubiratan Nunes Rezende, que adotou os seguintes critérios para a seleção ter participado em ao menos um Mundial como titular da Seleção Brasileira e ter sido mencionado na lista de melhores de todos os tempos, por publicações especializadas como Worldsoccer (Reino Unido), Guerin Sportivo (Itália), Placar (Brasil) e France Football(França). O autor também consultou os sites de estatísticas, como Fifa, RSSSF (Rec. Sport Soccer Statics Foudation) e IFFHS (Federação Internacional de História e Estatística do Futebol, da Alemanha).

Instalada no Espaço de Eventos do Marcado Municipal, a exposição tem o objetivo de valorizar os jogadores que fizeram parte da história da Seleção Brasileira, fazendo com que o público possa conhecer um pouco mais de cada representante. O visitante é convidado a votar em cédulas de papel ou em monitores multimídias escalando sua equipe ideal, dispondo dos melhores atletas do futebol brasileiro de todos os tempos. Ao final do projeto, em junho, as caricaturas dos 11 escolhidos devem compor uma nova mostra no Sesc Carmo.

De acordo com a organização, os visitantes que comparecerem à Rua da Cantareira, 305, no centro de São Paulo, não poderão escolher o ex-jogador Pelé para a Seleção de todos os tempos. O ‘Rei do Futebol’, que atuou nas copas de 1958, 1962, 1966 e 1970 foi considerado inelegível por sua atuação ímpar (Hors Concours), sendo especialmente homenageado em uma caricatura do artista Dodô Vieira.

Veja os 33 atletas e os quatro treinadores escolhidos para votação

Goleiros:
Gylmar dos Santos Neves (1958/1962/1966)
Taffarel (1990/94/98)
Dida (1998/2002/2006)

Laterais direitos:
Djalma Santos (1958/1962/1966)
Carlos Alberto Torres (1970)
Cafu (1994/1998/2002/2006)

Zagueiros-centrais:
Mauro Ramos (1954/1958/1962)
Bellini (1958/1962/ 1966)
Lúcio (2002/2006/2010)

Quarto-zagueiros:
Domingos da Guia (1938)
Wilson Piazza (1970/1974)
Aldair (1990/ 1994/1998)

Laterais esquerdos:
Nilton Santos (1950/ 1954/ 1958/ 1962)
Léo Junior (1982/1986)
Roberto Carlos (1994/1998/2002/2006)

Médios-volantes:
Zito (1958/1962/1966)
Falcão (1982/1986)
Dunga (1990/1994/1998)

Meias-armadores:
Didi (1954/1958/1962)
Sócrates (1982/1986)
Kaká (2002/2006/2010)

Meias-atacantes:
Tostão (1966/1970)
Zico (1978/1982/1986)
Rivaldo (1998/2002/2006)

Pontas-direitas:
Garrincha (1958/1962/1966)
Jairzinho (1966/1970/1974)
Ronaldinho Gaúcho (2002/2006)

Pontas-esquerdas:
Zagallo (1958/1962)
Rivellino (1970/ 1974/ 1978)
Romário (1990/1994)

Centroavantes:
Leônidas da Silva (1934/1938)
Ademir de Menezes (1950)
Ronaldo Fenômeno (1994/1998/2002/2006)

Técnicos:
Vicente Feola (1958/1966)
Zagallo (1970/1974/1998)
Telê Santana (1982/1986)
Luis Felipe Scolari (2002/2014)

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade