Futebol/Copa do Nordeste - ( - Atualizado )

Náutico tenta por fim a tabu de quase dez anos contra rival Sport

Recife (PE)

Depois de tropeços contra times de divisões inferiores do Brasileirão, Sport e Náutico se enfrentam nesta quinta-feira, às 21h30 (de Brasília) em condições iguais no primeiro clássico regional da Copa do Nordeste. Jogando na Ilha do Retiro, o Sport tenta tirar vantagem do fator casa para largar na frente no grupo D da competição, que conta com todas as equipes com apenas um ponto conquistado até então.

Na última vez em que houve o Clássico dos Clássicos, pela 2ª fase preliminar da Copa Sul-Americana de 2013, o Sport eliminou o rival nos pênaltis enquanto disputava a segunda divisão nacional, e o Náutico, a Série A do Brasileirão. A situação dos times, agora, é inversa. O Leão está na elite e o Timbu na Série B. Os alvirrubros ainda têm uma missão especial a cumprir. A equipe não bate os rubro-negros de Recife na Ilha do Retiro desde março de 2004. De lá para cá, foram mais de 20 jogos sem vitória no território inimigo para o Náutico.

Uma derrota pode trazer a primeira pressão do ano aos treinadores das equipes. Maior testemunha do tabu entre Náutico e Sport, o goleiro Magrão completa nove anos no clube e se mostra otimista para mais um clássico. “Esse é um fator muito forte (sobre o tabu). Neste momento, quem tiver mais gás tem mais chances de vencer, e acho que teremos esse algo a mais”, comentou.

Se o ambiente do Sport parece tranquilo, o Náutico trata qualquer informação sobre o time que vai a campo como segredo de estado. Lutando para encerrar o tabu e de quebra largar na frente do rival na Copa do Nordeste, o técnico Lisca confirmou apenas confirmou que fará alterações na equipe que não saiu do empate contra o Guarany de Sobral na estreia da competição, mas não adiantou as mudanças.

Os volantes Rodrigo Possebon e Elicarlos, o goleiro Gideão e o lateral esquerdo Gerley foram os únicos nomes revelados pelo treinador que iniciarão como titulares. Romário, lesionado, não participou do treino desta quarta-feira e deu lugar a Flávio, que disputa vaga na defesa com William Alves e Léo Kanu. O Sport também pode ter novidade. Ananias, meia-atacante ex-Cruzeiro e Palmeiras, está entre os concentrados e pode fazer sua estreia. Neto Baiano, Durval e Igor também têm chances de estrear pelo Leão.

Dragão – No mesmo dia, às 19h15 (de Brasília), no Nazarenão, o América-RN encara o Sergipe em um duelo que pode valer a liderança do grupo A. As duas equipes iniciaram a competição com vitória e, caso vençam, se isolam no primeiro lugar. Em partida marcada para horário igual, Guarany de Sobral e Botafogo-PB completam o grupo D, de Sport e Náutico.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade