Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

No primeiro teste de 2014, Vila Nova é superado pelo Luziânia-DF

Goiânia (GO)

A primeira exibição do Vila Nova-GO na temporada de 2014 não foi como o torcedor esperava. Diante do Luziânia-DF, no estádio Serra do Lago, o Colorado perdeu por 2 a 0, com dois gols do atacante Chefe. Após o jogo-treino, o técnico Heriberto da Cunha justificou a má atuação de seus comandados.

“A equipe estava muito travada ainda e sem desenvolvimento, principalmente por conta dos trabalhos físicos que estamos fazendo. Hoje, estamos muito longe do ideal. Precisamos melhorar bastante e vamos em busca de mais contratações. Passamos todas nossas necessidades para a diretoria”, expôs o comandante.

Por sua vez, o volante Róbson, expulso na atividade, fez questão de disparar contra a arbitragem: “Eu conheço o futebol de Brasília. A arbitragem sempre foi horrível. O segundo gol deles foi totalmente na frente. Isso prejudica o trabalho de um time que viaja três horas de ônibus para chegar em cima da hora e jogar. O fato de um juiz da federação deixar lances bobos correrem nos irrita. Além do mais, no lance que eu ia fazer o gol, ele deu uma falta que não existiu”, expressou.

No duelo contra contra o clube goiano, que é filiado à Federação Brasiliense de Futebol, Heriberto da Cunha mandou a campo a seguinte formação: Toni; Alan, Vítor, Victor Cardoso e Araújo; Róbston, Arthur, Luís Marques e Diego; Hugo e Wando. No decorrer da partida, entraram Ítalo, Lucas e Matheus Cruz.

O próximo desafio preparatório do Vila Nova-GO será neste sábado, diante do Bosque Formosa-DF, no CT Marconi Perillo. Antes da estreia no Campeonato Goiano, diante do Anápolis, dia 19 de janeiro, no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, o Colorado tem um jogo-treino marcado contra um combinado de atletas de Hidrolândia-GO.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade