Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Oswaldo comemora 'fator Cícero' em vitória apertada do Santos

Do correspondente Diego Diegues Itu (SP)

O treinador do Santos, Oswaldo de Oliveira, destacou a importância do retorno do meia Cícero ao time titular. O meio-campista fez a estreia com a camisa santista nesta temporada e anotou o gol da vitória aos 46 minutos do segundo tempo, após cobrança de falta por baixo da barreira.

Inferior ao longo dos 90 minutos, Oswaldo apontou a diferença física entre as equipes como fator primordial do domínio do Ituano. “Ficou evidente a supremacia física do Ituano. Eles ganharam as bolas divididas, as bolas pelo alto, as antecipações e estavam melhor preparado fisicamente do que a gente”, disse.

Apesar da fraca exibição do Santos, Oswaldo afirmou que o resultado não foi injusto, já que um jogador como o Cícero pode fazer a diferença em uma partida equilibrada. “O resultado foi justo. Um jogador com o talento de Cícero ao marcar um gol daquele, da maneira que foi, não se pode dizer que o resultado é injusto”, ressaltou.

No fim do jogo, Oswaldo de Oliveira se envolveu em mais uma polêmica. Assim como na partida anterior, diante do Audax, quando disparou xingamentos para os torcedores do Santos que vaiaram o time, o treinador, desta vez, provocou a torcida do Ituano, após o gol de Cícero. “Acho que precisa perguntar para a torcida do Ituano o que eles fizeram”, ironizou o treinador, que negou quaisquer gestos para os torcedores rivais.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade