Futebol/Copa do Mundo de 2014 - ( - Atualizado )

Otimista, Luiz Gustavo aponta favoritos à Copa: “Brasil, Brasil e Brasil”

Bruno Landi, especial para a GE.net São Paulo (SP)

Se depender do volante titular da Seleção Brasileira, a taça da Copa do Mundo não sairá do território no qual será disputada, a partir de junho deste ano. Em evento organizado pela Volkswagen, patrocinadora oficial do Wolfsburg e da Seleção Brasileira, nesta sexta-feira, Luiz Gustavo elogiou o otimismo já demonstrado por Luiz Felipe Scolari em outras entrevistas e mostrou que segue a mesma linha de pensamento do comandante canarinho.

“Eu gosto deste otimismo do Felipão. Eu sou um cara muito positivo, sempre pensei que a gente deve focar, mentalizar o que quer, que uma hora ou outra acontece. E para nós, aqui do Brasil, não tem outra resposta. O que todo mundo quer, o que nós, jogadores, queremos é este título. E vamos, com certeza, conquistá-lo”, disse Luiz Gustavo, esbanjando confiança para a disputa do maior torneio do planeta.

Na sequência, quando questionado sobre quais seriam as principais rivais da Seleção Brasileira no torneio, o volante tentou se esquivar. “Tem grandes seleções aí. Nós enfrentamos algumas na Copa das Confederações, e são equipes que mostraram que tem chances de brigar pelo título. A Alemanha, por exemplo, tem um time com jogadores de muita qualidade, mas eu e meus companheiros estamos nos preparando para sete finais”, afirmou.

Fernando Dantas/Gazeta Press
O volante titular da Seleção Brasileira participou de um evento da marca de carros que patrocina o Wolfsburg

Porém, depois da insistência dos jornalistas para que apontasse no mínimo três candidatas ao título, Luiz Gustavo brincou: “Eu vou falar três vezes Brasil. É melhor, né? Brasil, Brasil, Brasil (risos)”, declarou, antes de, enfim, eleger as favoritas para o Mundial: “Há muitas seleções que podem chegar longe. A Alemanha, Argentina, Itália, Holanda”, disse, antes de ser lembrado da Espanha. “Não tenho nem que falar deles, né? São os atuais campeões mundiais”, decretou.

Para finalizar, Luiz Gustavo comentou sobre este ano de Copa do Mundo. No futebol alemão desde 2011, o volante trocou o Bayern de Munique, atual campeão europeu, pelo modesto Wolfsburg neste início de temporada, e, segunda suas próprias palavras, não vem realizando nenhuma preparação especial para provavelmente disputar o seu primeiro Mundial.

“Desde criancinha, a gente sonha em jogar pela Seleção em uma Copa do Mundo. Então, a partir do momento da minha primeira convocação, o principal objetivo foi este. Assim, essa não será uma preparação que eu vou começar agora, é algo que eu já faço durante toda a minha carreira”, explicou. “Eu estou trabalhando para ganhar sete jogos na Copa do Mundo. Para mim não tem outra alternativa”, encerrou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade