Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Denoni marca, mas Oeste só empata com Atlético Sorocaba

Sorocaba (SP)

Emprestado pelo Palmeiras ao Oeste de Itápolis, o jovem volante João Denoni jogou bem, deixou a sua marca, mas o Rubrão não conseguiu conquistar o seu segundo triunfo no Campeonato Paulista. Na tarde desta quarta-feira, o time rubro-negro visitou o Atlético Sorocaba no Estádio Municipal Walter Ribeiro e, após sair na frente na primeira etapa, permitiu o empate na segunda. No fim, o 1 a 1 acabou melhor para os visitantes, em duelo válido pela 2ª rodada do Estadual.

O placar foi aberto aos 36 minutos do primeiro tempo, por João Denoni. O talentoso volante, rebaixado à segunda divisão do futebol brasileiro com o Palmeiras em 2012 e que está emprestado ao Oeste desde o meio do ano passado, aproveitou cruzamento de Eric e bateu cruzado, de pé direito, superando o seu ex-companheiro Deola. O Atlético Sorocaba empatou aos sete minutos da etapa complementar, com o zagueiro Lima, que fuzilou para o gol após bate-rebate na grande área. No fim, o time da casa pressionou muito, e o arqueiro Fernando Leal garantiu o empate para o Oeste.

A igualdade impulsionou o Rubrão aos quatro pontos e à liderança Grupo D, ao lado do Rio Claro. No entanto, Bragantino, Mogi Mirim e Palmeiras - outras equipes da chave – ainda jogam nesta rodada e podem ultrapassar ambos. O Atlético Sorocaba, por sua vez, somou seu primeiro ponto na competição e alcançou o Linense – com a mesma pontuação – na liderança do Grupo A. 

Na próxima rodada, as duas equipes terão duros desafios. Enquanto o Atlético Sorocaba pega o Palmeiras, domingo, às 17 horas (de Brasília) no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba, o Oeste encara o São Paulo, no mesmo dia e horário, mas no estádio do Morumbi, na capital.

O Jogo- Como não poderia deixar de ser, o Atlético de Sorocaba começou a partida partindo para cima do Oeste. Atuando dentro de casa e precisando da vitória após estrear com derrota para o Rio Claro, o Galo acelerou o ritmo do duelo e teve mais posse de bola nos 15 minutos iniciais. Oportunidades de gol, no entanto, somente aos 18. E foi com o Oeste. Fernandinho passou por Everson Lima na esquerda e cruzou para Adriano Alves, que bateu forte de perna esquerda, mas mandou por cima do gol de Deola.

A resposta dos mandantes, porém, veio rápida. E com mais perigo. Ewerthon recebeu na entrada da área e, com enorme categoria, chutou forte, de primeira. Rasteira, a bola fez uma linda curva e, caprichosamente, beijou o pé da trave esquerda de Fernando Leal. A partir daí, o jogo, disputado sob forte calor, tornou-se mais cadenciado e só voltou levantar o público aos 32 minutos. Douglas Packer recebeu grande lançamento de Fabinho Capixaba e, livre em cima da risca da pequena área, mandou por cima do gol, desperdiçando uma chance inacreditável para os donos da casa.

Como quem não faz toma, o Atlético Sorocaba acabou castigado logo na sequência. Após erro de Everson Lima na saída de bola, Lelê aproveitou a passagem de Eric e lançou nas costas da defesa. Cheio de gás, o lateral chegou à linha de fundo e, conscientemente, rolou rasteiro, para João Denoni bater cruzado de primeira. Antes de entrar, a bola ainda beijou a trave direita de Deola. O primeiro tempo terminava com triunfo parcial do Oeste por 1 a 0, e um equilíbrio nas ações do jogo.

Assim como o da primeira, o início da segunda etapa foi dominado pelo Atlético Sorocaba. Logo no minuto inicial, Fabinho Capixaba tomou de Fernandinho, e cruzou para Alex William, que bateu forte, mas por cima do gol de Fernando Leal. A pressão continuou, e, aos três minutos, Fabinho Capixaba (de novo ele) acertou a trave após passe de Chico. A superioridade do Galo seguiu grande e, finalmente, foi premiada com um gol. Aos sete, Alex William cobrou falta da direita, e o zagueiro Lima aproveitou sobra, após bate-rebate, para fuzilar no ângulo do Oeste: 1 a 1.

Vendo o time de Itápolis sem reação, o treinador Ademir Fonseca mexeu na equipe, colocando Marcos Paraná no lugar de Piauí. Logo em seu primeiro lance no jogo, o jogador escapou pela direita e cruzou para Wagninho (que também entrara no segundo tempo) furar, perdendo boa chance de desempatar o jogo. O Atlético Sorocaba respondeu aos 35 minutos. Ewerthon recebeu passe longo de Boquita e chutou forte, mas Fernando Leal fez grande defesa. Dois minutos mais tarde, Chico quase anotou um belo gol por cobertura, mas a bola foi para fora. Aos 43, Fernando Leal exerceu outra bela intervenção, desta vez em cabeçada de Ewerthon, e garantiu o empate para os visitantes. Fim de papo em Sorocaba: 1 a 1.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade