Futebol/Campeonato Paranaense - ( )

Paraná bate o Cianorte e supera rivais na estreia

Do correspondente Luiz Felipe Fagundes Curitiba (PR)

Fechando a primeira rodada do Campeonato Paranaense 2014, o Paraná Clube, mesmo sem mostrar um futebol exuberante, foi o único dos três grandes da Capital a vencer ao passar pelo Cianorte por 2 a 0, na Vila Capanema. Os três pontos, porém, são fundamentais para assumir a liderança nesta primeira fase de tiro curto, com apenas 11 rodadas.

O time paranista abriu o placar aos 22 minutos da primeira etapa, com Lúcio Flávio, que cobrou penalidade recebida por Luisinho. O capitão paranista, aliás, precisou cobrar duas vezes, já que a primeira cobrança, que havia parado nas mãos de Jaílson, foi anulada. Na segunda etapa, aos 45 minutos.

Na próxima rodada, o Paraná Clube vai encarar o Maringá, quinta-feira, na Vila Capanema. Já o Cianorte terá pela frente o J.Malucelli, quarta-feira, no Olímpico Albino Turbay, em Cianorte.

O jogo – A partida começou truncada, com a primeira chance apenas aos seis minutos, em cabeçada de Marcelo que Marcos buscou no chão. Chute a gol mesmo somente aos 12 minutos, com Luisinho, que arriscou de longe para defesa tranquila de Jaílson. Na reposta, Marquinhos Cambalhota deixou a defesa paranista para trás e chutou na rede, pelo lado de fora.

Porém, aos 19 minutos, Luisinho recebeu na área e foi derrubado por Negretti. Pênalti marcado. Na cobrança, Lúcio Flávio bateu e parou em Jaílson, mas a arbitragem mandou voltar, Depois de muita reclamação, o capitão paranista cobrou novamente e desta vez converteu para abrir o placar.

Marcos voltou a trabalhar bem aos 28 minutos, em cabeçada de Maurício que ainda tocou a trave. Aos 36 minutos, cobrança de falta de Lúcio Flávio e Alex Alves testou bonito para defesa de Jaílson. Contra-ataque rápido do Paraná aos 38 minutos, com Carlinhos, mas Negretti se esticou todo para evitar o cruzamento.

Para o segundo tempo, o Tricolor da Vila voltou com Fernando Gabriel no lugar de Júlio César. Logo no primeiro minutos, mostrando uma postura mais agressiva, Carlinhos partiu para cima da defesa do Leão e foi parado apenas com falta, na entrada da área. Aos cinco minutos, Luisinho recebeu na área mas, na girada de corpo, perdeu o domínio.

O Cianorte reapareceu no jogo apenas aos 11 minutos. Após cobrança de falta, a bola sobrou para Marquinhos, mas Marcos deixou a meta pera abafar a jogada. Aos 14 minutos, Cambará fez a jogada individual, mas preferiu o chute ao passe e errou o alvo. O nível técnico da partida era muito baixo, com uma leve superioridade da equipe paranista.

O Tricolor tentava usar os espaços deixados pelo Leão na lateral. Aos 25 minutos, Breno cruzou na medida para Alex Alves, que testou firme para defesa de Joílson. O Paraná, que pouco atacava, se fechou ainda mais com a entrada do volante Elyesser. Aos 37 minutos, no contra-ataque, a bola sobrou para Ganzer, que bateu por cima da meta. Aos 43 minutos, Lúcio Flávio cobrou falta e a bola carimbou a trave. Mas, aos 45 minutos, em contra-ataque fulminante, Paulo Roberto deixou o goleiro para trás e rolou para o fundo das redes.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade