Futebol/Copa São Paulo de Juniores - ( - Atualizado )

Pepinho ironiza Kashiwa: "Deve estar tocando bola no aeroporto"

Do correspondente Diego Diegues Santos (SP)

O treinador do Santos na Copa São Paulo de Juniores, Pepinho Macia, não mediu as palavras para falar sobre o time japonês do Kashiwa Reysol, derrotado por 4 a 0 na última terça-feira, 14, em partida válida pela segunda fase de classificação, da maior competição de base do futebol brasileiro.

Pepinho, filho do ídolo santista Pepe, utilizou sua conta em uma rede social para desabafar contra a suposta “badalação”, em cima dos japoneses. Segundo ele, a solidez e a eficiência defensiva do Peixe foram muito mais importantes, do que a troca de passes do time japonês. “Existem outros fundamentos importantes, além da posse de bola. Drible, jogo aéreo, contra-ataque, etc. Às vezes, dois passes valem muito mais que 38”, escreveu.

Vale lembrar que o Kashiwa Reysol, ao longo da competição, mostrou muita qualidade no toque de bola e uma rigorosa disciplina tática, e após boas exibições não resistiu aos Meninos da Vila. Foi a melhor participação de um time japonês na história da Copa São Paulo de Juniores.

Campeão no ano passado, o Peixinho volta a campo nesta quinta-feira, 16, às 18h30 (de Brasília), contra o Grêmio Osasco, na Vila Belmiro. A partida é válida pelas oitavas de final da competição e a entrada é gratuita.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade