Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Por dívidas, STJD suspende Macaé-RJ, CSA-AL e mais dois clubes

São Paulo (SP)

Na tarde desta quarta-feira, o Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) suspendeu quatro clubes que estão em dívida com a entidade. São eles: Macaé Esporte-RJ, que disputa o Campeonato Brasileiro da Série C, CSA-AL, presente na Copa do Nordeste, Águia Negra-MS e Ypiranga-AP. Caso não quitem suas respectivas pendências, as agremiações estarão excluídas das competições organizadas pela CBF. Tal decisão já foi publicada no site da Confederação.

Dentre os quatro clubes, o que possui a maior dívida é o Ypiranga, de Macapá-AP, que deve R$ 3 mil ao STJD. A segunda maior pendência é do Águia Negra, clube de Rio Brilhante-MS, que precisa pagar a quantia de R$ 2,5 mil. Macaé Esporte e CSA devem, respectivamente, R$ 600 e R$ 500.

No material exposto no site da CBF, o STJD aponta que os clubes não cumpriram com o artigo 91 do Regulamento Geral de Competições (RGC). Neste contexo, o Tribunal decretou a suspensão das quatro equipes, tendo como base o terceiro item do artigo 54 do RGC.

A assessoria de imprensa do STJD declarou que todos os clubes já foram informados de seus débitos. Porém, neste período, apenas no CSA disputa uma competição organizada pela CBF: a Copa do Nordeste. Nesta quinta-feira, o Azulão do Mutange terá pela frente o Santa Cruz, em partida válida pela quarta rodada da fase de grupos.

Até o momento, apenas o CSA se pronunciou sobre o caso. Em nota oficial, o clube de Maceió tratou de tranquilizar seus torcedores, dizendo que não haveria motivo para preocupação.

Confira a nota divulgada pelo Azulão do Mutange:

Nação, não há motivo para preocupação. A Diretoria Maruja já avaliou a multa de R$500,00 (quinhentos reais) apresentada pelo STJD, e encaminhará novamente o comprovante de pagamento, já realizado anteriormente.

O Azulão não será suspenso do Nordestão, nem de nenhuma competição, e continuará trilhando o caminho das vitórias em 2014. O nosso foco, enquanto torcedores, deve ser fazer uma grande festa amanhã, no Rei Pelé, e empurrar nossos guerreiros rumo à vitória.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade