Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Presidente dá ultimato a Neílton, e Oswaldo espera contar com o atacante

Santos (SP)

A novela envolvendo a renovação contratual do atacante Neílton com o Santos parece ter consumido a paciência do presidente em exercício do Peixe, Odílio Rodrigues. Nesta quarta-feira, durante a apresentação de Oswaldo de Oliveira como novo treinador do clube, o mandatário pediu uma rápida definição do jovem, ao qual, inclsuive, cutucou. Momentos antes, o novo comandante santista havia elogiado o jogador e ressaltado o desejo em contar com ele nesta temporada.

“O Neilton entrou em uma partida contra o Botafogo, no Rio de Janeiro, na segunda rodada do Campeonato Brasileiro do ano passado, e mudou o jogo. É um menino que oscila, como todo jovem, mas que representa um valor que eu gostaria de contar aqui no Santos”, declarou Oswaldo.

No entanto, para que Neílton permaneça no Santos, é necessário que ele renove o seu contrato, algo que, neste momento, parece pouco provável. O jovem tem vínculo com o Peixe até maio, e, apesar de algumas reuniões já estarem sendo realizadas, a situação do jogador segue indefinida. Desde a saída de Neymar, em agosto do ano passado, ele vem sendo pouco utilizado no time titular, e, inclusive, voltou ao time sub-20 para a disputa da Copa São Paulo de Futebol Junior.

Divulgação/Santos FC
Sem ser aproveitado no time de cima, Neílton ainda não acertou sua renovação e pode deixar o Santos

Além disto, Neílton, que recebe apenas R$ 9 mil de salário, vem pedindo novos vínculos considerados inviáveis pela alta cúpula santista. O clube oferece R$ 30 mil, mas o estafe do atleta admite já ter recebido propostas de R$ 150 mil mensais para contar com o atacante. Clubes como o Botafogo já demonstraram interesse na contratação do atacante, que, nesta quarta, recebeu um ultimato de Odílio Rodrigues.

O presidente pediu rápida definição do jogador, que, segundo ele, “precisa querer permanecer no Santos”. “Ontem (terça-feira) existiu uma reunião com o Neilton, com o representante, e as negociações têm que evoluir melhor. A gente vai continuar conversando, mas para ele ficar aqui é preciso duas coisas: que ele queira ficar e que ele apresente condições para aprovarmos um contrato que consideramos adequado”, afirmou o dirigente.

Enquanto não tem a sua situação definida, Neílton volta a campo com o time sub-20 do Santos nesta quarta-feira. Após a goleada por 8 a 0 sobre o Alecrim-RN na primeira rodada da Copa São Paulo de Futebol Junior, os Meninos da Vila enfrentam o Capital, às 19 horas (de Brasília), na Vila Belmiro. Na primeira rodada, apesar do placar mais do que elástico, o atacante não balançou as redes.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade