Futebol/Campeonato Catarinense - ( )

Presidente pretende aumentar plano de sócios da Chapecoense

Chapecó (SC)

Agora integrante da Série A do Campeonato Brasileiro, a Chapecoense planeja crescer dentro e fora de campo nesta temporada. Com ocupação média de 52% dos lugares da Arena Condá durante a disputa da segunda divisão nacional, a diretoria do Verdão pretende ampliar o número de sócios para levar mais torcedores ao estádio.

O presidente Sandro Pallaoro acredita que os grandes jogos serão essenciais para o aumento da média de público nos jogos da Chape. “Temos em torno de nove mil sócios agora e fechamos as inscrições por termos chegado ao limite máximo. Para o Brasileirão, pretendemos aumentar em 30% este número, chegando a 12 mil”, revela o dirigente.

Reprodução
Imagens em 3D da Arena Condá foram divulgadas pela Chapecoense no último mês de outubro

A Arena Condá, casa da Chapecoense, passa por reformas para se adequar às normas exigidas pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e poder receber partidas da primeira divisão nacional neste ano. Atualmente com capacidade de 12,8 mil pessoas, o estádio poderá receber, após a reforma, 20,6 mil torcedores.

Com a ampliação, o presidente da Chapecoense espera receber grandes públicos nos jogos contra os gigantes do futebol brasileiro. “Pensamos que os grandes jogos que vão vir para cá, como Flamengo, Internacional, Grêmio, entre outros, atrairão não só mais sócios de Chapecó como do interior do Paraná e do Rio Grande do Sul, que também querem se fidelizar”, afirma Sandro Pallaoro.

Na segunda divisão nacional, a Chape atraiu, em média, 6,5 mil pagantes por jogo e teve a sexta maior média da competição, à frente dos rivais Avaí e Figueirense. O maior público da Chapecoense no torneio foi na 36ª rodada, no empate em 1 a 1 com o Bragantino que assegurou o acesso à elite. Na ocasião, 9.184 torcedores estiveram presentes na Arena Condá, número muito maior do que os 576 que assistiram ao empate contra o Oeste, na segunda rodada.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade