Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Responsável por polêmica na Série A, Héverton acerta com o Paysandu

Belém (PA)

Embora tenha pouco atuado no Campeonato Brasileiro da Série A, o meia Héverton, certamente, fora um dos jogadores mais lembrados ao final da competição. Pivô do rebaixamento da Portuguesa para a Segunda Divisão nacional, ao atuar de maneira irregular diante do Grêmio, na última rodada da competição, o meia se desligou do clube rubro-verde e acertou com o Paysandu. O armador chega para ser o camisa 10 do Papão da Curuzu, que perdeu Eduardo Ramos para seu arquirrival, o Remo. No clube Azulino, o ex-bicolor vestirá a simbólica camisa 33, que simboliza um tabu histórico aplicado do Leão sobre o adversário de Belém.

Héverton, de 28 anos, desembarcará em Belém nesta quarta-feira, onde seguirá prontamente para o estádio da Curuzu, local onde serão realizados os exames médicos e físicos. Em seguida, o meia assinará o contrato e já se integrará ao plantel bicolor, comandado pelo técnico Mazola Júnior.

Antes de chegar à Portuguesa no ano passado, o atleta, que já passou pelo clube rubro-verde em 2008, também atuou por Guarani, Ankaraguçu-TUR, Ponte Preta, Corinthians, Vitória, Atlético-PR e Seongnam Ilhwa, da Coréia do Sul.

Após estrear no Campeonato Paraense vencendo o Gavião Kyikatejê, clube indígena de Marabá, pelo placar de 2 a 1, em seus domínios, o Papão agora mede forças com o Santa Cruz de Cuiarana. A partida será disputada nesta quarta-feira, às 20h30, no estádio da Curuzu.

Divulgação/Portuguesa
Após polêmica na Série A, Héverton chega ao Paysandu para substituir a ausência de Eduardo Ramos

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade