Futebol/Campeonato Inglês - ( - Atualizado )

Samuel Eto'o marca três vezes e dá vitória ao Chelsea sobre o United

Londres (Inglaterra)

Em duelo disputado no Stamford Bridge na tarde deste domingo, o Chelsea aproveitou os desfalques do Manchester United para abrir vencer por 3 a 1 e seguir na briga pela ponte do Campeonato Inglês. Após os três gols de Samuel Eto’o, Hernández ainda chegou a diminuir, mas não foi suficiente para os visitantes reagiram.

Com o resultado positivo, o técnico português José Mourinho chega à marca histórica de 100 vitórias no Campeonato Inglês e o time de Londres agora acumula cinco triunfos seguidos no torneio. Na classificação, o Chelsea segue na terceira colocação, com 49 pontos, dois a menos que o líder Arsenal. O United, por sua vez, se mantém em sétimo, com 37 pontos, e perdeu quatro dos últimos cinco jogos que disputou.

Na briga pelo título da principal taça inglesa, os Blues agora voltam as atenções para o duelo contra o Stoke, válido pela quarta rodada eliminatória da FA Cup. As equipes se enfrentam no Stamford Brigde, no próximo domingo. Já o time de Manchester tem duelo difícil pela semifinal da Copa da Liga, nesta quarta-feira. Os Red Devils precisam vencer o Sunderland de qualquer jeito no Old Trafford para estar na final em Wembley.

AFP
Camaronês venceu a marcação e abriu o placar logo no primeiro lance de perigo do Chelsea no jogo

O jogo – Quem criou a primeira oportunidade de gol foram os visitantes, logo aos dois minutos. Após tabelar com Welbeck, Ashley Young chutou forte de dentro da área e obrigou Petr Cech a fazer grande defesa. Mas quem foi às redes foi o Chelsea, aos 18 minutos, quando Samuel Eto’o balançou para cima da marcação de Phil Jones e bateu colocado, contando com o desvio no marcador para abrir o placar.

Em vantagem, o Chelsea subiu de produção, apostando muito em Hazard, que vencia o brasileiro Rafael sem muitas dificuldades na ponta esquerda do ataque azul. A chance seguinte, porém, foi do United. Evra aproveitou bobeada de Oscar, aos 27 minutos, e mandou uma bomba da intermediária, assustando Cech. Os Red Devils voltaram a criar dez minutos depois, quando Januzaj cruzou da esquerda para Welbeck, mas o atacante foi desarmado no último instante por Ivanovic.

Quatro minutos depois, foi o Chelsea quem quase marcou. Após receber de Hazard, Eto’o serviu Oscar, que não conseguiu acertar em cheio o voleio dentro da pequena área, mas ainda assim levou perigo ao gol de De Gea. Insistentes, os Blues ampliaram o placar já no final do primeiro tempo, aos 45 minutos, quando Cahill cruzou rasteiro para área e Eto’o, empurrar para o gol.

Ainda que a partida estivesse equilibrada no primeiro tempo, os comandados de Mourinho abriram boa vantagem antes do intervalo, e a folga à frente do placar seria ainda maior aos três da etapa final. Após escanteio de William, De Gea fez boa defesa em cabeceio de Cahill, mas Eto’o, como manda o manual do centroavante, se posicionou muito bem para aproveitar o rebote e marcar pela terceira vez na partida.

AFP
Eto'o agora é o quarto jogador da história da Premier League a marcar três vezes em um duelo contra o United

Com as substituições promovidas por David Moyes, que colocou Smalling e Chicharito Hernández nos lugares de Evra e Young, o United se recompôs no jogo. Aos 24 minutos, Cech levou Mourinho ao desespero e quase entregou ouro ao bandido quando driblou Hernández dento da pequena área do Chelsea. Porém, o atacante mexicano só balançou as redes aos 32 minutos, após aproveitar chute de Phil Jones para completar e diminuir o placar.

O gol de honra, porém, não foi suficiente para os Red Devils reagirem e os últimos minutos ficaram marcados pela violência do time vermelho. Aos 46, Vidic foi expulso após carrinho por trás em Hazard, no meio-campo e, três minutos depois, Rafael levou cartão amarelo por outra entrada dura.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade