Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Santos tenta antecipar contratação de Diego para o lugar de Montillo

Do correspondente Diego Diegues Santos (SP)

Com a saída iminente de Montillo para o futebol chinês, o Santos perderá seu camisa 10 para o Campeonato Paulista, mas não para a temporada. A tendência é que o argentino e o Shandong Luneng, time agora comandado por Cuca, acertem salários e tempo de contrato até o fim desta semana. A saída do craque santista abre espaço para o retorno de um antigo ídolo: o meia Diego.

Se a venda for concretizada, o meia Cícero deverá receber o aumento salarial que deseja e com isso permanecer no Santos ao longo da temporada. Além disso, com fluxo de caixa mais cheio e com a economia dos salários de Montillo, o meia Diego poderia voltar a vestir a camisa do Santos ainda em janeiro.

Desde o fim do ano passado, Diego tem acordo verbal acertado para o seu retorno ao Peixe. O meia, que terá seu vínculo encerrado em julho com o Wolfsburg, da Alemanha, poderia assinar pré-contrato com o Santos a partir de fevereiro. O ídolo santista deverá receber salários de cerca de R$ 800 mil mensais

O problema da chegada de Diego ainda neste mês são os valores envolvidos na transação. Além de ter que desembolsar quantia ao Wolfsburg para liberar o atleta antes do contrato, o meia pediu valor muito alto de luvas – aproximadamente R$ 4 milhões. A diretoria do Santos não descarta a possibilidade e estuda a melhor maneira para viabilizar o negócio.

O acerto verbal com o Santos também diz que, em caso de renovação com o clube alemão ou proposta de outro clube europeu, o meia optaria pela Europa, adiando seu retorno ao Peixe. Em caso contrário, Diego se apresenta em julho e será reforço santista para a Copa do Brasil e Campeonato Brasileiro.

Diego teve passagem marcante pelo Santos. Com a camisa alvinegra, o meia foi campeão brasileiro em 2002 e um dos destaques daquela campanha, que ainda tinha Robinho no ataque. Nesta temporada, o brasileiro é o número 10 do Wolfsburg e principal destaque do time, sendo o responsável pela armação das jogadas e participando da maioria das partidas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade