Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

São Paulo prega respeito ao CSA, mas adia preocupação com o torneio

Helder Júnior São Paulo (SP)

Os jogadores do São Paulo estavam treinando quando a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) definiu através de sorteio que o CSA será o primeiro rival da equipe de Muricy Ramalho na Copa do Brasil. A atividade realizada no CT da Barra Funda, no entanto, era preparatória para o Campeonato Paulista – prioridade do momento.

“Todos os jogos são difíceis. Tenho certeza de que essa equipe (CSA) entrará na competição com o intuito de prejudicar os grandes. Mas estamos pensando no Campeonato Paulista agora, pois começa antes”, avisou o defensor Paulo Miranda, nesta sexta-feira.

Apesar da preocupação do São Paulo com o Estadual, a Copa do Brasil é vista com mais atenção por dirigentes e torcedores. O torneio que o clube do Morumbi nunca conquistou coloca em jogo uma vaga na Copa Libertadores da América.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Maicon sabe que a torcida exigirá dos jogadores do São Paulo não apenas o título da Copa do Brasil
“A Copa do Brasil é mais uma competição em que precisamos estar ligados. Teremos jogos difíceis. Vamos dar um passo de cada vez para chegar à final”, pregou o meio-campista Maicon, sem exagerar na preocupação com o CSA e com os demais concorrentes ao título nacional.

“O nosso torcedor quer o Paulista, a Copa do Brasil e o Brasileiro. Vamos focar no primeiro campeonato, que é o Estadual. Ser campeão é sempre bom. E, se a gente não ganhar o Paulista, mais cobranças virão”, argumentou Maicon.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade