Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

São Paulo recebe Oeste para provar que goleada não foi obra do acaso

Helder Júnior São Paulo (SP)

A goleada por 4 a 0 sobre o Mogi Mirim, na segunda rodada do Campeonato Paulista, não fez o São Paulo deixar de ser visto com desconfiança por parte de sua torcida. Às 17 horas (de Brasília) deste domingo, o time que foi derrotado por 2 a 0 pelo Bragantino na estreia e fracassou em 2013 voltará ao Morumbi para tentar comprovar a sua evolução diante do Oeste.

Embora satisfeito com os primeiros 3 pontos conquistados no grupo A (o mesmo de Atlético Sorocaba, Linense, Comercial e Penapolense) do torneio, nem mesmo Muricy Ramalho se deixou iludir pelo resultado do meio de semana. “As outras equipes ainda estão bem acima da gente. O São Paulo está longe de ser um time seguro”, avisou o técnico, que reclama da falta de condicionamento físico do elenco em início de temporada.

Ao menos Muricy contará com um reforço para fazer o São Paulo engrenar de vez. Com muitas dificuldades para contratar, o clube apresentou recentemente o lateral esquerdo uruguaio Álvaro Pereira, que foi regularizado, treinou e ganhou a vaga de Reinaldo. “Estou à disposição, com muita fome de bola”, ele bradou, sonhando em repetir o sucesso que os compatriotas Diego Lugano, Darío Pereyra, Pablo Forlán e Pedro Rocha tiveram no Morumbi.

Fernando Dantas/Gazeta Press
O lateral esquerdo uruguaio Álvaro Pereira disputará o seu primeiro jogo como atleta do São Paulo
Já um ídolo que continua no São Paulo virou dúvida para a partida. O goleiro Rogério Ceni sentiu dores no joelho direito e perderá pela primeira vez um jogo da sua última temporada como profissional. Denis entra em seu lugar.

À exceção de Pereira e Denis, o São Paulo que enfrentará o Oeste será o mesmo da vitória sobre o Mogi Mirim. Muricy aprovou o esquema tático com três atacantes – Ademilson, Osvaldo e Luis Fabiano –, ainda mais porque cada um deles anotou um gol na quarta-feira. “Estávamos finalizando menos ainda no outro sistema. A gente ficava afunilando, afunilando, e não fazia gol nunca”, constatou.

O maior responsável por marcar gols para o São Paulo está animado. Após desabafar contra novas cobranças da torcida à equipe, Luis Fabiano respirou fundo e viu a oportunidade de se destacar em 2014. “Começo o ano confiante depois de uma pré-temporada legal, sem dores. Após os jogos, não estou mais ficando um bagaço. Também me sinto mais tranquilo por ter feito um gol e vencido pela primeira vez no ano. Temos que manter essa confiança”, previu.

Do outro lado, o Oeste está disposto a estragar os planos de Luis Fabiano e seus companheiros ao menos com um empate no Morumbi. O time de Itápolis, dirigido por Ademir Fonseca, ainda não perdeu no Campeonato Paulista – bateu o Penapolense por 1 a 0 e empatou com o Atlético Sorocaba por 1 a 1, somando 4 pontos no disputado grupo D. No início da rodada, o Bragantino e o Palmeiras tinham 6 cada, o Rio Claro também computava 4 e Mogi Mirim era o lanterna da chave com 3.

Arte GE.Net
FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X OESTE

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 26 de janeiro de 2013, domingo
Horário: 17 horas (de Brasília)
Árbitro: Alessandro Darcie (SP)
Assistentes: Daniel Paulo Ziolli e Ricardo Pavanelli Lanutto (ambos de SP)

SÃO PAULO: Denis; Luis Ricardo, Rodrigo Caio, Antônio Carlos e Álvaro Pereira; Wellington, Maicon e Paulo Henrique Ganso; Ademilson, Luis Fabiano e Osvaldo
Técnico: Muricy Ramalho

OESTE: Fernando Leal; Eric, Dezinho, Ligger e Piauí; Adriano Alves, Everton Dias, João Denoni e Fernandinho; Lelê e Jheimy
Técnico: Ademir Fonseca

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade