Futebol/Copa São Paulo de Juniores - ( - Atualizado )

Sob olhares de Muricy, São Paulo goleia o Nacional e chega às oitavas

Barueri (SP)

Motivados pela presença do técnico Muricy Ramalho, que esteve na Arena Barueri junto com o auxiliar Milton Cruz, o time sub-20 do São Paulo goleou o Nacional na noite desta terça-feira por 5 a 1, com gols de Ewandro (três), Boschilia e Lucas Possignolo, todos no primeiro tempo. Também na primeira etapa, o Nacional descontou com Bruno Mota.

No segundo tempo, o Tricolor adotou postura menos agressiva, passou a trocar mais passes e não sofreu grandes ameaças. O volante Julio Cesar, do Nacional, foi expulso aos 41, depois de cometer falta dura em Boschilia e receber o segundo amarelo.

Com o resultado, o São Paulo conquistou a classificação para as oitavas de final da Copa São Paulo, fase em que enfrentará o Brasília. O time da capital federal eliminou o Botafogo também nesta terça, com uma vitória por 3 a 0.

O jogo – Acuado no começo da partida pela boa marcação do Nacional, o São Paulo soube aproveitar a primeira chance que teve. Aos cinco minutos, o Tricolor cobrou escanteio pela esquerda e, após confusão na pequena área, Ewandro rematou com força para abrir o placar.

No minuto seguinte, Paulo recebeu passe em posição duvidosa, avançou e marcou o que seria o segundo gol são-paulino. Uma das assistentes, no entanto, levantou a bandeira e invalidou o lance.

Rubens Chiri/www.saopaulofc.net
Autor de três gols nesta terça-feira, o atacante Ewandro é o artilheiro do Tricolor na Copinha, com seis gols
Aos 18, Ewandro quase marcou de novo. O camisa 8 tricolor recebeu lançamento e tentou encobrir o goleiro Robert com uma cabeça de cobertura. O arqueiro do Nacional conseguiu voltar a tempo para o gol e espalmou a bola para escanteio.

O segundo gol são-paulino saiu aos 25, novamente após escanteio pela esquerda. Depois da cobrança, o zagueiro Lucas Possignolo cabeceou com força para o fundo das redes.

Aos 31, o Tricolor chegou ao terceiro gol, em outra jogada de escanteio. Boschilia cobrou pela direita e Ewandro apareceu na primeira trave para completar o lance.

Quatro minutos mais tarde, Leonardo Prado aplicou chapéu em um adversário, livrou-se de outro, foi a fundo e cruzou rasteiro para Boschilia, que completou o lance com um forte chute de perna esquerda, marcando o quarto do São Paulo.

O Nacional diminuiu aos 38. Após cobrança de falta ensaiada, Bruno Mota apareceu livre atrás da defesa tricolor e cabeceou no canto direito do goleiro Jairo.

Aos 44, o São Paulo marcou o quinto. A defesa do Nacional falhou na saída de bola, Robert espalmou a primeira tentativa da equipe do Morumbi e, no rebote, Ewandro finalizou para o gol aberto.

Em intensidade, o segundo tempo não se comparou à primeira. Uma das melhores chances da etapa complementar foi criada aos 24 minutos, pelo Nacional. Em cobrança de falta, o meia Dan acertou sutilmente o travessão do goleiro Jairo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade