Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Técnico do JEC minimiza derrota para o Furacão: "Placar não traduz"

Joinville (SC)

Na manhã desta quinta-feira, em seu primeiro desafio preparatório para a temporada de 2014, o Joinville foi superado pelo Atlético-PR, com o placar de 2 a 0. Os gols da vitória rubro-negra foram marcados por Dellatorre e Éderson. Porém, o resultado adverso não preocupou Hemerson Maria. Na visão do comandante do Coelho, a derrota é incondizente com as situações criadas durante o embate.

“Nunca é bom perder, mas o placar não diz o que foi o jogo. Equilibramos a partida contra uma equipe que está montada há praticamente um ano. Por ser início de temporada, os jogadores ainda estão um pouco presos, mas foi bom. Faço uma análise positiva. Aqueles que entraram no decorrer do jogo procuraram dar sequência”, sintetizou o técnico.

O Joinville iniciou a atividade com a seguinte formação: Ivan; Murilo Bedusco, Rafael, Bruno Costa e Wellington Saci; Naldo, Hygor e Marcelo Costa; Francis, Clebinho e Fernando Viana. No decorrer do jogo, entraram Oliveira, Rodolfo, Juliano, Danrlei, Christian, Glaybson, Vítor Sonny, Gustavo Sauer e Alex.

Neste sábado, o Coelho volta a ser posto à prova. Desta vez, o desafio é contra a equipe do Sindicato dos Atletas Catarinenses. Para o duelo, Maria pode ter a volta do centroavante Edigar Júnio, que se trata de um estiramento da coxa. O jogador passará por uma reavaliação, bem como o zagueiro Bruno Aguiar, recém-chegado, que sofreu um entorse no tornozelo.

O Joinville estreia no Campeonato Catarinense no dia 26 de janeiro, domingo, às 17 horas, diante do Criciúma, na Arena.

Divulgação/Joinville E. C.
Um dos setores mais reformulados do JEC foi a defesa, com Murilo, Rafael, Bruno Costa e Wellington Saci

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade