Futebol/Bastidores - ( )

Técnico do Sub-23, Petkovic elogia Adriano: “Está querendo muito”

Curitiba (PR)

Adriano parece mesmo disposto a retomar os rumos de sua carreira no Atlético-PR. Em recuperação física, psicológica e praticando treinamentos no clube desde o fim do ano passado, o Imperador vem encantando os funcionários do Furacão. Nesta quarta-feira, em entrevista ao programa Arena Sportv, o ex-jogador e atual treinador da equipe Sub-23 do clube, Dejan Petkovic, exaltou a vontade do atacante em voltar aos gramados com bom nível em 2014.

“O Adriano está bem diferente. Ele está querendo muito e vem em ritmo forte de recuperação e treinamento”, declarou o sérvio, que atuou ao lado do Imperador em 2009, na conquista do hexacampeonato brasileiro com o Flamengo. “O Adriano é um jogador impressionante. Falei com ele há três meses, mas agora que o vi nos últimos dias, falei: ‘Mano, você está bem demais, perdeu muito peso, que bacana’, revelou.

Petkovic não é o primeiro a elogiar as condições físicas de Adriano. Recentemente, o atacante Ederson, artilheiro do último Brasileirão, exaltou a garra do consagrado jogador, que, no fim do ano passado, postou uma foto em uma rede social na qual disse que “estava ficando fininho”.

Divulgação/Vipcomm
Um dos atacantes mais promissores da última década, Adriano chegou ao Furacão para recuperar seu bom futebol

O Imperador não entra em campo para disputar uma partida oficial desde o dia 4 de março de 2012. Neste período, saiu do Corinthians, assinou um contrato de produtividade com o Flamengo, mas sequer vestiu a camisa rubro-negra e teve que abandonar a Gávea. Os problemas de indisciplina foram, novamente, os culpados pelo insucesso de um dos centroavantes mais talentosos do futebol brasileiro na última década.

Com vaga garantida para disputar a Copa Libertadores da América deste ano, o Atlético-PR resolveu dar mais uma chance ao Imperador. Ele chegou a Curitiba no fim do ano passado, acertou que tentará recuperar sua forma física e psicológica durante a pré-temporada e, se conseguir, assinará um contrato com a equipe da Arena da Baixada para 2014. É, praticamente, o mesmo modelo adotado pelo clube com o goleiro Rodolfo, que foi suspenso por mais de um ano por uso de cocaína, mas ficou no Furacão realizando tratamento e já está liberado para voltar ao futebol nesta temporada.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade