Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Tempestade interrompe treinamento, mas Valdivia enfrenta o Sorocaba

Bruno Landi, especial para a GE.net São Paulo (SP)

Valdivia não foi o protagonista do treinamento do Palmeiras, nesta sexta-feira, na Academia de Futebol. Uma tempestade – de raios, trovões, vento e muita água – atingiu o Centro de Treinamentos do clube alviverde neste fim de tarde e impediu que a equipe trabalhasse como queria, a dois dias de pegar o Atlético Sorocaba, pela 3ª rodada do Campeonato Paulista. A atividade no gramado – que não contou com a presença dos titulares, que ficaram na academia - durou apenas 30 minutos, mas foi suficiente para mostrar que Valdivia viajará com o elenco para pegar o Galo. O próprio treinador Gilson Kleina confirmou que o meia será relacionado para a partida.

O chileno, que não entra em campo desde o dia 23 de novembro, quando jogou os 15 minutos finais do duelo diante do Ceará, pela 37ª rodada da Série B do Brasileiro, vinha realizando uma pré-temporada especial, buscando fortalecimento muscular, e só começou a trabalhar com bola na segunda-feira. Nesta sexta, ele mostrou disposição e foi um dos mais animados na atividade que precisou ser interrompida por causa da forte chuva.

Comandados pelo preparador físico Fabiano Xhá, os atletas inicialmente realizaram um trabalho físico, no qual tinham que correr por um circuito com obstáculos. Ainda receoso com a sua condição física, Valdivia não forçou tanto. Depois, os jogadores foram divididos em dois times e participaram de uma atividade em campo reduzido. Participativo, o Mago não fugiu das divididas e, antes de a tempestade anunciada se consumar, mostrou que está pronto para estrear em 2014.

Divulgação
Sem entrar em campo desde 23 de novembro, Valdivia participou do treinamento desta sexta e viaja a Sorocaba

Ele, porém, tem tudo para iniciar o duelo de domingo no banco de reservas e ser utilizado somente no segundo tempo. A comissão técnica alviverde é cautelosa e não quer vê-lo sofrer com novos problemas musculares nesta temporada. Assim, Gilson Kleina, que já externou que tentará definir e manter uma base nas primeiras rodadas do Paulistão, provavelmente só escalará um jogador que não começou o duelo diante do Comercial, na quinta-feira: o recém-contratado França.

A presença dele entre os onze iniciais, no entanto, deve-se à contusão sofrida por Renato, titular nos dois primeiros jogos do ano. O volante foi substituído na etapa complementar do duelo contra o Comercial, após sentir o ombro, e não terá condições de pegar o Atlético Sorocaba. Além dele, também estão fora o zagueiro Tiago Alves, o volante Eguren e o atacante Diogo, machucados. Juninho, que sentiu dores no pescoço e também foi substituído na quinta-feira, passará por reavaliação neste sábado, mas não deve ser problema.

Assim, o time que deve ser mandado a campo para pegar o Atlético Sorocaba tem: Fernando Prass; Wendel, Henrique, Lúcio e Juninho; França, Marcelo Oliveira, Wesley, Mazinho e Serginho; Alan Kardec. Esta formação, que proporciona a variação do esquema tático 4-2-3-1 para o 4-3-1-2, foi utilizada nas duas partidas do Alviverde em 2014 e vem agradando ao treinador Gilson Kleina.

O Palmeiras ainda faz um recreativo neste sábado e depois viaja a Sorocaba para enfrentar o Atlético no domingo, às 17 horas (de Brasília), no Estádio Municipal Walter Ribeiro, pela 3ª rodada do Paulistão. Com 100% aproveitamento, o Verdão divide com o Bragantino a liderança do Grupo D, que ainda conta com Oeste, Rio Claro e Mogi Mirim. No Estadual deste ano, porém, o Verdão não jogará – inicialmente - contra nenhuma destas equipes, uma vez que, na primeira fase, o novo regulamento só define confrontos diante dos 15 times das outras três chaves.

Divulgação
O Centro de Treinamentos do Palmeiras foi atingido por uma tempestade de raios, trovões, vento e muita água

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade