Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Testado entre os onze, Cicinho elogia Damião e ainda não se vê titular

Santos (SP)

Quando teve a sua contratação sacramentada, em julho do ano passado, Cicinho foi visto como a solução dos problemas da lateral-direita do Santos, que, após a saída de Danilo, contava apenas Rafael Galhardo, Bruno Peres e Douglas em seu elenco. No entanto, o ex-pontepretano não se firmou e chegou até a ficar no banco de reservas durante a disputa do Campeonato Brasileiro. No treinamento desta segunda-feira, um dos principias visando a estreia no Campeonato Paulista, o jogador foi escalado entre os onze iniciais, mas ainda não vê a titularidade garantida com o novo treinador, Oswaldo de Oliveira.

O principal concorrente de Cicinho e que, inclusive, deixou-o entre os suplentes em algumas partidas do ano passado é Bruno Peres. “Acredito que o Oswaldo (de Oliveira, técnico) vai escolher quem ele acha melhor para ajudar a equipe. Tanto eu como o Bruno estamos preparados. Ele (Bruno) é um grande jogador. São dois jogadores de qualidade para essa posição. Vou trabalhar forte para começar o ano como titular e fazer mais do que fiz no ano passado”, disse Cicinho, já admitindo que deixou a desejar no clube da Vila Belmiro em 2013.

O lateral-direito também contou que sente um clima mais tranquilo após a chegada de Oswaldo de Oliveira. O treinador, que classificou o Botafogo à Copa Libertadores da América após bela campanha no Brasileirão, começou a comandar os seus primeiros treinamentos na equipe santista somente no fim da última semana. “A gente está trabalhando com mais tranquilidade, cheguei em um período difícil, agora o entrosamento está melhor. Acredito que temos tudo para fazer um bom campeonato”, declarou Cicinho.

Ricardo Saibun/Gazeta Press
Contratado com pompa no ano passado, Cicinho admite que ainda briga por uma vaga na equipe titular de Oswaldo

Sobre Leandro Damião, principal contratação da equipe para a temporada, o lateral-direito foi só elogios. Previu rápido entrosamento e disse que ele deve voltar à Seleção em breve. “O Damião é um grande atacante, jogador que já serviu à Seleção Brasileira e que tem tudo para voltar rapidamente. A gente vai se dar muito bem e tenho certeza que ele vai nos ajudar a conquistar títulos, que é o nosso principal objetivo”, decretou.

O Santos estreia no Campeonato Paulista no próximo sábado, diante do XV de Piracicaba, às 19h30 (de Brasília), na Vila Belmiro. O time alvinegro está no Grupo C da competição estadual, ao lado de Ponte Preta, Paulista, Portuguesa e São Bernardo, mas não enfrenará nenhuma destas equipes na primeira fase. Isto porque o novo – e estranho – regulamento do Paulistão prevê que os clubes só atuem diante de times de outra chave em um primeiro momento. Só depois, em um possível duelo de mata-mata, os parceiros de grupo têm chances de se encontrar.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade