Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Torcedor da Lusa consegue liminar para manter o time na Série A

São Paulo (SP)

Na tarde da última segunda-feira, outro torcedor da Portuguesa conseguiu uma liminar na Justiça de São Paulo contra a Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Daniel José de Souza obteve a vitória na 42ª vara cível de São Paulo. O juiz Marcello do Amaral Perino, que já havia concedido uma ação judicial idêntica, deu o ganho da causa para o adepto lusitano.

A liminar decide que a CBF terá que devolver os quatro pontos perdidos da Portuguesa, retirados pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (Stjd) após a escalação irregular do meia Héverton, contra o Grêmio, no Estádio do Canindé, no dia 8 de dezembro. Isso significa a manutenção da Lusa no Campeonato Brasileiro da Série A.

Marcello do Amaral Perino aponta que a decisão do Stjd desrespeitou o artigo 35, “caput”, e parágrafo 2º do Estatuto do Torcedor. Para o juiz, a data da divulgação da decisão da suspensão de Hevérton foi posterior ao jogo contra o Grêmio, deixando o atleta em condições regulares para participar da partida.

Daniel Neves, torcedor que obteve a primeira liminar favorável à Portuguesa, declarou que ela ainda não foi cassada pelo relator do processo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade