Futebol/Futebol Internacional - ( )

Valores "escondidos" em venda fariam de Neymar o mais caro da história

Barcelona (Espanha)

Segundo o jornal El Mundo, a Justiça espanhola investiga irregularidades na transação de Neymar para o Barcelona. Cerca de 38 milhões de euros (mais de R$ 120 milhões) teriam sido camuflados nas cláusulas do contrato assinado pelo brasileiro. O Juizado de Instrução número cinco da Audiência Nacional espanhola já teria conhecimento de sete documentos, datados de novembro de 2011 a setembro de 2013, que comprovam o desvio. No total, o brasileiro teria custado mais de R$ 300 milhões ao Barcelona, o que representaria a maior transferência da história do futebol.

Da parte não declarada pelo presidente do clube catalão, R$ 14,4 milhões seriam destinados à família de Neymar. R$ 8 milhões deles para que o pai do atleta busque novas promessas no Santos, ex-clube do camisa 11 do Barça e o restante equivale a 5% dos R$ 173 milhões que o jogador receberá ao longo dos cinco anos que defenderá a camisa blaugrana, seja quais forem os resultados dentro de campo.

AFP
Apresentado oficialmente em junho do último ano, Neymar foi acolhido de imediato pela torcida blaugrana

Além disso, cerca de R$ 13 milhões ainda seriam pagos para captação de contratos de publicidade com empresas brasileiras e outros R$ 8 milhões estariam destinados a fins sociais, com objetivo de ajudar crianças carentes paulistas. Fora os R$ 29 milhões pagos ao Santos pela realização de dois amistosos (o triplo do que cobra a seleção espanhola, por exemplo), outros R$ 25,6 milhões teriam sido pagos ao clube brasileiro para que o Barça tenha preferência na compra de três jovens jogadores no futuro.

Boa parte das cláusulas foram assinadas depois do astro ser apresentado oficialmente pelo Barcelona e o que mais chama atenção é que, independentemente dos resultados alcançados na busca de novas promessas santistas e na captação de contratos, a família do jogador receberá sempre a mesma quantia durante os cinco anos de vínculo que o atacante tem com o Barcelona, assim, segundo defende El Mundo, os acordos seriam apenas fictícios, com objetivo de esconder o dinheiro.

Para fechar a conta, R$ 32 milhões foram pagos ao jogador há cerca de um mês, referente ao bônus de assinatura de contrato. Somando todos os valores, a compra de Neymar teria custado 95 milhões de euros (mais de R$ 300 milhões) aos cofres blaugrana, ao invés dos R$ 182 milhões declarados oficialmente pelo presidente do clube, Sandro Rosell. Os valores, se confirmados, dariam ao atacante brasileiro o posto de jogador de futebol mais caro da história, superando a quantia que o rival Real Madrid pagou por Gareth Bale.

AFP
Até aqui, atacante brasileiro marcou 11 gols pelo Barcelona, tendo cada um deles custado mais de R$ 27 milhões

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade