Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Volante Osmar lamenta perda da "espinha dorsal" do Vila Nova-GO

Goiânia (GO)

Após conquistar o acesso para a Série B do Campeonato Brasileiro, o Vila Nova-GO promoveu uma reformulação no elenco. Peças importantes, como Frontini, Thiago Marin e Tiago Cametá, foram negociados e desfalcarão o Tigre na próxima temporada. Neste panorama, o volante Osmar lamentou a perda dos atletas que formavam a “espinha dorsal” do clube goiano, que conta, excetuando o jogador de contensão, com mais dois remanescentes da campanha vitoriosa: o zagueiro Neto Gaúcho e o volante Róbston.

“Foram mantidos só três jogadores e acho que, se pudesse ter segurado mais, seria importante. Conseguiríamos ter mantido uma espinha dorsal do time. Mas a diretoria sabe o que faz. Acho que vão buscar atletas de qualidade no mercado para nos ajudar em 2014”, sintetizou o volante.

Apesar dos desfalques, Osmar, que disputará o Campeonato Goiano pela segunda vez na carreira, enxerga que o Tigre pode surpreender e chegar com chances de brigar pelo troféu: "Vamos trabalhar para isso. Não podemos ficar aqui, fora de campo, falando quem vai ser o favorito. Enquanto não entra nas quatro linhas, não adianta nada”, enfatizou.

Remanescente celebra prorrogação do vínculo – O zagueiro Neto Gaúcho, titular durante a campanha do acesso à Série B, comemorou a renovação de contrato com o Colorado. Apesar de estar dois meses parado, o defensor, de 31 anos, afirmou estar motivado para os desafios desta temporada: “Em contrato, sempre surge divergência e acaba demorando algum tempo. Foi o que aconteceu, mas agora está tudo resolvido e é hora de trabalhar para ir bem em 2014. O tempo não é o ideal, mas vamos esperar o dia a dia para ver se chego em boas condições de jogar. Com mais tempo, teria mais tranquilidade, mas vamos aguardar. Estou parado há praticamente dois meses, e isso acaba deixando uma lacuna”, ressaltou.

Passado o recesso, o elenco do Vila Nova se reapresentou nesta quinta-feira, no estádio Onésio Brasileiro Alvarenga, o popular Oba, e segue com a preparação para a pré-temporada. A estreia do Tigre no Estadual será no dia 19 de janeiro, domingo, às 17 horas (de Brasília), diante do Anápolis, em seus domínios. O Colorado está no Grupo B, que, além do seu adversário inaugural, conta com Anapolina, Aparecidense e Goianésia.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade