Futebol/Bastidores - ( )

Volante pede indenização em ação na Justiça contra Atlético-GO

Goiânia (GO)

Bida, volante do Atlético-GO, entrou na Justiça contra o clube e já conseguiu tutela antecipada, o que garantiu a rescisão de seu contrato. O jogador, que ainda pede indenização por danos morais, está liberado para acertar com outras equipes.

O contrato do jogador tinha vínculo até março de 2014, mas Bida optou por entrar na Justiça para cobrar salários e outras dívidas atrasadas. Além disso, o atleta pede reparação por danos morais em decorrência de uma punição por doping que sofrou. O clube admitiu ter sido culpado pelo caso.

Flagrado no doping, o volante foi punido em 2012 pelo uso de uma substância proibida. Na defesa, uma nutricionista do Atlético-GO admitiu o erro e acabou demitida. A pena inicial de dois anos longe dos gramados acabou reduzida para um ano, e o atleta foi liberado para jogar ainda em julho desse ano.

Bida, entretanto, foi pouco aproveitado na Série B e acabou sendo liberado ainda em novembro, ganhando férias antecipadas, mas sem ter seu contrato rescindido, o que aconteceu após a ação na justiça.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade