Atletismo/Bastidores - ( - Atualizado )

Após um ano, Pistorius rompe silêncio e fala sobre morte da namorada

Pretória (África do Sul)

Oscar Pistorius rompeu, nesta sexta-feira, um silêncio que durava um ano e postou em seu site oficial uma mensagem comentando sobre o incidente que causou a morte de sua namorada, a modelo Reeva Steenkamp, que aconteceu exatamente um ano atrás.

"Não tenho palavras para expressar adequadamente meus sentimentos sobre este acidente devastador que causou tanta dor a todos aqueles que de verdade amavam e continuam amando Reeva", afirmou o sul-africano em nota publicada no seu site.

Pistorius matou a modelo com vários disparos de arma de fogo na madrugada do dia 14 de fevereiro de 2013. Confirmando os tiros, ele alega que tomou a atitude por achar que uma ladrão havia invadido sua casa.

“A dor e a tristeza, especialmente para os pais, família e amigos de Reeva, me consomem com tristeza. A perda de Reeva e o completo trauma daquele dia, eu carregarei comigo pelo resto da minha vida”, completou.

Em liberdade após o pagamento da fiança estipulada em 80 mil euros e com a obrigação de cumprir diversas regras impostas pelo juiz, Pistorius terá seu julgamento feito no dia 2 de março, em Pretória, na África do Sul.

Enquanto o atleta alega que atirou por achar que era outra pessoa, a promotoria o acusa de ter matado a namorada pouco tempo depois de terem uma discussão.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade