Atletismo/Desafio Indoor - ( - Atualizado )

Franciela quebra recorde sul-americano dos 60m de 32 anos

São Caetano do Sul (SP)

A velocista Franciela Krasucki quebrou o recorde sul-americano dos 60m indoor, neste domingo. Ela superou a antiga marca duas vezes durante o Desafio Indoor de Atletismo, em São Caetano do Sul, e agora é a atleta mais rápida da América do Sul com 7s19, tempo que lhe garantiu a medalha de ouro do evento.

O recorde anterior dos 60m indoor era de Esmeralda de Jesus, que em 13 de março de 1981, correu a 7s26 durante evento em Pocatello, nos Estados Unidos. Neste domingo, a marca foi superada por Franciela na semifinal, em que correu a 7s23, e posteriormente na final. A prata da prova ficou com Bruna Jéssica Farias e o bronze com Andressa Moreira Fidelis

"Estou muito feliz. Esta foi a primeira vez que corri os 60m e minha estreia no indoor. Não esperava quebrar o recorde desta maneira. Estou treinando muito bem e o resultado acaba sendo consequência", disse a atleta do Pinheiros, que vai ao Mundial Indoor de Sopot. “Com certeza estes tempos me deixam muito mais confiante para disputar o Mundial e as outras competições do ano, como o Mundial de Revezamentos e os Jogos Sul-Americanos", completou.

Na prova masculina dos 60m, Bruno Lins venceu com a marca de 6s74, seguido por Gustavo Machado Santos com 6.76 e Osvaldo Alexandre com 6.79. "Gostei da minha estreia no indoor. A largada é muito importante e acho que tive uma saída bacana", comentou o velocista.

No salto em altura, o vencedor foi Guilherme Henrique Cobbo, também do Pinheiros, com a marca de 2,20m. Apesar da medalha de ouro, ele não ficou satisfeito com seu desempenho. "Esperava um resultado melhor, mas foi minha primeira competição indoor. Vamos continuar treinando para tentar melhorar", disse.

Divulgação/CBAt
Franciela Krasucki nunca tinha corrido os 60m e já bateu o recorde sul-americano duas vezes

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade