Futebol/Campeonato Goiano - ( - Atualizado )

Adson Batista critica postura do Dragão e cobra atitude de Martelotte

Goiânia (GO)

Após a derrota do Atlético-GO para o Goianésia, o diretor de futebol do clube, Adson Batista, lamentou o resultado e criticou a postura da equipe dentro de campo. Segundo o dirigente, o elenco precisa mudar de atitude durante as partidas e o técnico Marcelo Martelotte tem que ser um dos responsáveis pela transformação.

“As coisas não estão da forma que nós queremos. O time está sem vibração, quando toma um gol se perde dentro de campo e nós precisamos de mais. A equipe tem condições de produzir mais, temos que dividir responsabilidades, não adianta ficar escondendo atrás de problemas financeiros, ficar arrumando desculpa, transferindo responsabilidade. Cada um tem que fazer a sua. Nosso time tem condição de jogar um futebol melhor sim senhor”, declarou Adson em entrevista à Rádio 730.

O diretor ainda cobrou do técnico uma conversa com a equipe visando uma mudança de postura dos jogadores. Além disso, Adson pediu ao treinador uma atitude mais exigente com os atletas do elenco rubro-negro e também reconheceu a falta de reforços.

“Eu conversei com o Martelotte, a gente tem uma relação respeitosa e ele sabe da responsabilidade dele. Nós não vamos ficar aqui transferindo a culpa só em cima dele, ele precisava de mais peças que nós não estamos dando para ele. Mas o treinador também tem de saber que é preciso cobrar mais, precisa chacoalhar esse grupo”, afirmou o dirigente.

O Atlético volta a campo no sábado, às 17 horas (de Brasília), no estádio Jonas Duarte. Após sete rodadas disputadas, o Dragão ocupa a terceira colocação do Grupo A, com 12 pontos e quatro vitórias.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade