Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Ainda no banco, Ganso ganha apoio de Osvaldo na concentração

Tossiro Neto São Paulo (SP)

O que Paulo Henrque Ganso vivencia pela primeira vez sob comando de Muricy Ramalho, Osvaldo já viveu muitas vezes no São Paulo. É por isso que o atacante, novamente titular, busca compartilhar sua experiência com o meia, seu parceiro de quarto nas concentraçãoes no CT da Barra Funda.

"Ele tem que continuar trabalhando da mesma maneira. Fui reserva vários jogos no ano passado, neste ano também. Nestes momentos, a gente não pode abaixar a cabeça. Ele é um cara tranquilo e tenho certeza de que vai trabalhar e voltar à equipe", recomendou, nesta terça-feira, véspera da partida contra o XV de Piracicaba.

Muricy não liberou o acesso da imprensa na meia hora em que posicionou seus 11 titulares, mas o trabalho de preparação física ao final do rachão desta tarde deu pistas de que a única mudança na escalação em relação à equipe que empatou com o Santos será a entrada do lateral direito Luis Ricardo no lugar de Paulo Miranda - o zagueiro vinha atuando improvisado no setor.

Djalma Vassão/Gazeta Press
No domingo, camisa 10 foi para o banco de reservas pela primeira vez sob comando de Muricy Ramalho
O treinador não mudará do meio-campo para frente porque ficou satisfeito com a atuação de Douglas como ponta direita no clássico. Na ocasião, ele já havia dado declarações positivas a respeito da entrega maior de seus atletas, em referência clara ao comportamento não tão aguerrido de Ganso em campo nas partidas anteriores.

"A postura foi a que o professor queria, mas não é porque o Ganso ficou fora. Pelo contrário. Ele é um grande jogador e tem nos ajudado. Agora é procurar dar força a ele, porque todos sabem da qualidade que ele tem", defendeu Osvaldo.

Reserva em boa parte do ano passado, quando fez gol pela última vez em fevereiro, o atacante iniciou bem a atual temporada, mas tinha retornado ao banco e quase foi negociado com o Fluminense. Mantido no São Paulo, recuperou a posição justamente no compromisso passado, uma rodada depois de ter sido preterido pelo jovem Ewandro, de 17 anos.

Os conselhos ditos publicamente, Osvaldo passará a Ganso em particular nesta noite. Os parceiros de quarto estão relacionados para o duelo desta quarta-feira, às 22 horas (de Brasília), contra o XV de Piracicaba, no Barão de Serra Negra.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade