Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Alessandro “esquece” queda com o Vasco e sonha virar ídolo no Náutico

Recife (PE)

Indicado pelo técnico Lisca para reforçar o Náutico nesta temporada, o goleiro Alessandro desembarcou em Recife sob a desconfiança da torcida alvirrubra. O principal motivo para o receio foi o rebaixamento do Vasco, time defendido pelo arqueiro no ano passado, para a Série B do Campeonato Brasileiro.

“Falou-se muito dos goleiros do Vasco ano passado, mas eu fiz oito jogos e acho que fui muito bem. Infelizmente, veio a queda, e, com ela, os comentários. Mas aquilo é passado. Estou recomeçando no Náutico e quero ter uma boa sequência”, disse Alessandro em entrevista reproduzida pelo Diário de Pernambuco.

Menos pressionado pela torcida do Náutico, o goleiro se espelha em ídolos dos arquirrivais para conquistar a idolatria no Timbu.

“A ideia é virar ídolo, como Magrão (Sport) e Tiago Cardoso (Náutico). O começo está sendo bom, mas o goleiro precisa ter regularidade. Todo atleta gosta de ser valorizado. Mas só fiz cinco jogos. Quero ter um futuro brilhante por aqui”, afirmou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade