Futebol/Campeonato Paulista - ( - Atualizado )

Após marcar gol, Mendieta pede garra e inteligência em seu 1º clássico

São Paulo (SP)

Em seu primeiro gol na temporada, Mendieta garantiu que o Palmeiras continuasse invicto no centenário selando o empate com o Grêmio Osasco Audax. O meia, agora, vive a expectativa de participar de seu primeiro clássico no clube no domingo, e já pede que o time seja racional e esforçado diante do Corinthians, no Pacaembu.

“Para dificultar ainda mais, o mando de campo é deles e a torcida vai incentivar. Precisaremos ter muita inteligência e garra para sairmos com a vitória. O bom é que os dois times terão a semana livre para treinar e isso vai beneficiar o espetáculo”, comentou o camisa 8, que ficou no banco e não participou da vitória sobre o São Paulo na semana passada, mas sabe a importância do Derby do próximo fim de semana.

“A partida contra o Corinthians é o típico jogo que os jogadores e o torcedor do Palmeiras só pensam em um resultado: a vitória. Faremos de tudo para vencer, mas não podemos esquecer que, do outro lado, também estarão 11 jogadores com a mesma mentalidade. Da mesma maneira que queremos ganhar, eles sabem que, se vencerem o clássico, terão mais tranquilidade para trabalhar”, apontou o paraguaio.

Particularmente, Mendieta vive boa fase, apesar de não ter recebido nenhuma chance como titular em 2014. Saiu do banco para dar a assistência para o golaço de França que assegurou a vitória sobre o XV de Piracicaba, na quarta-feira, e balançou as redes para evitar a derrota nesse domingo. “Estou bem feliz porque nos dois últimos jogos consegui jogar e ajudar o Palmeiras. Agora é seguir trabalhando forte para evoluir cada dia mais”, comemorou.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Meia deu assistência para gol da vitória na quarta, balançou as redes no empate de domingo e já pensa no Derby
O meio-campista só queria, contudo, um placar diferente do 1 a 1, mesmo que fosse mais um coadjuvante em campo. “Nosso objetivo era a vitória. Eu trocaria o meu gol pelos três pontos, mas não tem como”, comentou, otimista para a sequência da temporada, ciente de que, em breve, terá a concorrência de Bruno César.

“Em 2013, cheguei no meio da temporada e tive que me adaptar durante a competição. Este ano está sendo diferente. Pude fazer a pré-temporada com o grupo e isso será um diferencial para mim e me ajudará demais ao longo do ano. Como sofri uma pequena lesão no fim do ano passado e fiquei fora por muito tempo, estou recuperando o ritmo de jogo e ainda tenho muito a melhorar”, avisou Mendieta, desfalque no último trimestre de 2013 porque operou o joelho esquerdo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade