Futebol/Campeonato Carioca - ( )

Após revés "péssimo", Jayme pede mais atenção na Libertadores

Rio de Janeiro (SP)

Diante do mexicano Léon, na quarta-feira, o técnico Jayme de Almeida espera que seu Flamengo não repita a atuação deste sábado contra o Fluminense. No Maracanã, a equipe foi derrotada por 3 a 0, com dois gols no segundo tempo, e deixou a liderança do Carioca.

"O resultado foi péssimo. Não esperava perder de três. Infelizmente, aconteceu. Não tem muito o que mexer para quarta-feira, porque o time vai descansar e viajar. Mas eu espero que a gente possa fazer um jogo mais atento, principalmente em jogadas fundamentais, nas quais bobeamos muito", analisou o comandante rubro-negro.

O Flamengo bobeou pelo alto nos dois primeiros gols. Ainda na etapa inicial, o atacante Michael subiu sozinho para abrir o placar. Três minutos depois do intervalo, o zagueiro Elivélton teve mais liberdade ainda após defesa de Felipe para ampliar a vantagem. Já o terceiro e o último gol teve origem em uma saída errada de bola.

"No primeiro tempo, acho até que nosso time jogou melhor, teve um pênalti que o juiz não deu, faz parte. No segundo tempo, aí realmente falhamos. Foram falhas nossas, de início de temporada. Falha minha também, porque foi minha defesa que falhou. Com o segundo gol, nosso time se desorganizou, e o Fluminense foi mais preciso", reconheceu Jayme.

Passado o tropeço na primeira fase da competição estadual, o elenco segue ainda neste domingo para o México, palco da partida contra o Léon, pela estreia na Copa Libertadores.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade